UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 2 de dezembro de 2022

Oposição sindical para combater os acidentes de trabalho

Registros do Observatório Digital de Saúde e Segurança no Trabalho (MPT-OIT) apontam que o Piauí teve 9.653 acidentes de trabalho desde o ano de 2012. Isto significa que o estado registrou um acidente a cada seis horas, seis minutos e três segundos. Nesse período, 133 trabalhadores vieram a óbito, com a estimativa de uma morte a cada 18 dias. No ranking de setores que mais tem acidentes está o transporte rodoviário.

Com esta realidade e a paralisia da atual gestão do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do estado do Piauí (SINTETRO-PI), trabalhadores se organizam para concorrerem com uma chapa de oposição nas próximas eleições do Sindicato, que ocorrerá nos dias 15 e 16 de outubro. Este é um momento importante para a renovação e para colocar o Sindicato no caminho da defesa dos direitos dos trabalhadores. Basta de péssimas condições de trabalho e da omissão do Sindicato!

Como se já não bastasse os baixos salários, adoecemos devido às jornadas exaustivas, tudo para satisfazer a ganância dos patrões que lucram com nosso suor e sacrifício. O Sindicato é dirigido pelo mesmo grupo há 30 anos e já deixou claro que não tem disposição de lutar. Isso fica evidente na campanha salarial de 2017, onde houve um desconto indevido de duas diárias, não obtivemos aumento real e o sindicato não fez nada! Para piorar, em 2018, o sindicato não mobilizou os trabalhadores para greve e aceitou calado o minúsculo aumento.

Por essas e outras razões que trabalhadores de várias empresas decidiram organizar a chapa de oposição para mudar os rumos do Sindicato, com muita união, disposição e coragem de enfrentar os patrões gananciosos, coisas que faltam na atual gestão. Para Carvalho, candidato a presidente pela Chapa 2 e membro do Movimento Luta de Classes, “é hora da mudança, é hora de retomar o Sindicato para defender os trabalhadores”.

Movimento Luta de Classes – Piauí

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes