UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 26 de novembro de 2022

Nossa homenagem a você, Beth

Samba é resistência, já dizia Beth Carvalho, que nos deixou neste 30 de abril.

A mulher que se dedicou ao samba, que cantou Cartola, Nelson Cavaquinho, D. Ivone Lara, Nelson Sargento e tantos outros poetas das favelas e do povo, sempre lutou a favor da cultura brasileira e contra a exploração. Esteve nas lutas contra a ditadura militar e pela Anistia.

Elevou sua voz contra o golpe de 2016, a retirada dos direitos dos trabalhadores e o avanço do fascismo. Defendeu Cuba e Venezuela contra a política intervencionista dos Estados Unidos. Acreditava que só o Socialismo podia salvar a humanidade.

As rosas falaram e continuarão falando, por todas as nossas vozes.

Continuaremos firmes e determinados na luta em defesa da cultura brasileira e por um poder popular. Esta é a nossa homenagem a você, Beth.

Nayá Puertas, Rio de Janeiro

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes