UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 3 de outubro de 2022

Leitores de A Verdade falam sobre os 20 anos do jornal

No balanço dos trilhos do trem ou no vai e vem das praças e ruas, o jornal A Verdade completa 20 anos. Nos vagões da luta cotidiana ou nas vias tortuosas da vida, a resistência e a esperança brotam dos brigadistas da liberdade.

Para marcar essa data, fomos buscar a opinião de nossos leitores, famosos ou anônimos, que conheceram A Verdade nos trens, ônibus, praças, bancas, bairros, fábricas, escolas ou universidades, e que hoje celebram conosco os 20 anos de um jornal a serviço da luta pelo socialismo. 

Denise Maia 
Rio de Janeiro


Foto: Jornal A Verdade

Carlos Augusto

Dono de uma banca de jornal na Central do Brasil que há 15 anos expõe e vende o jornal A Verdade.

“Falta divulgar mais o jornal. Ele é bom. As pessoas gostam, procuram. Quando o jornal atrasa, eles cobram. Tenho fregueses cativos, uns vinte, que todo começo de mês me perguntam aqui: ‘Já chegou o meu jornal?’. Parabéns por continuarem coerentes com o nome e sempre falando a verdade.”


Foto: Jornal A Verdade

Leonel Brizola Neto

Vereador da cidade do Rio de Janeiro pelo PSOL. Leitor de A Verdade desde 2016.

“O jornal A Verdade representa, de fato, o verdadeiro jornal da classe trabalhadora. Num momento onde existe um monopólio da informação, A Verdade vem para contribuir com a democracia e, principalmente, informar aqueles que não têm acesso às informações de verdade. A atuação do jornal nos trens é uma ação revolucionária, informando e conscientizando a classe trabalhadora e cumprindo um papel imprescindível.”


Foto: Jornal A Verdade

Francisco Isidoro da Fonseca

Diretor do Sinttel-Rio (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações do Estado do Rio de Janeiro). Leitor de A Verdade desde 2010.

“O jornal A Verdade é fundamental. Os sindicatos têm que ter um jornal, nem que seja uma folha. Têm que divulgar sua opinião, seu entendimento dos fatos da conjuntura de forma crítica e do ponto de vista dos trabalhadores. Sou militante há muitos anos e uma das coisas que viabilizou a minha militância foram os jornais alternativos, como O Movimento, A Voz da Unidade, entre outros. A Verdade está inserido nessa tradição e consegue através da sua militância se manter durante 20 anos.”


Foto: Jornal A Verdade

Eduardo Maia

Servidor aposentado do Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados). Leitor de A Verdade desde 1999.

“Acho importante demais o tipo de abordagem que o jornal faz sobre a política nacional, internacional e dos movimentos de classes dos trabalhadores, das mulheres, dos jovens, mesmo que seja mensal. Não há outro lugar em que eu possa ler qualquer coisa desse tipo. As matérias que mais acompanho são sobre conjuntura nacional, internacional e a da última página, que relata a história de um herói que lutou pela democracia e o socialismo no Brasil. Acho que o jornal deve seguir essa linha ideológica, aprimorar a distribuição, assinaturas, fazer mais propaganda, continuar avançando na internet, que melhorou muito. Ampliar os apoiadores para que o jornal permaneça por mais vinte anos!.”


Foto: Jornal A Verdade

Laura Carolina Reis

Estudante da rede pública estadual na cidade de Duque de Caxias. Leitora de A Verdade desde 2018.

“Quero parabenizar a equipe do jornal A Verdade pelos 20 anos divulgando notícias e assuntos de forma verídica, com clareza e pontos de vista diferentes do que nos é mostrado todos os dias nos telejornais. A forma democrática desse jornal, que tem dado oportunidade às pessoas (leitores) que não são do meio jornalístico exporem suas ideias e opiniões, é inovadora.”


Foto: Jornal A Verdade

Leonardo Villela de Castro

Decano do Centro de Ciências Humanas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Leitor de A Verdade desde 2009.

“O jornal traz discussões muito importantes sobre a conjuntura política brasileira, que a imprensa burguesa não traz. Além disso, sempre retrata a cultura popular e a memória dos mortos na ditadura, que por vezes a gente não conhece. Acompanho com particular interesse as matérias sobre Educação, algumas das quais já contribuí como professor.”


Foto: Jornal A Verdade

Glauber Braga

Deputado Federal do PSOL. Leitor de A Verdade desde 2018.

“O que me chama atenção no jornal A Verdade é o fato de ser um instrumento que não trata os temas de uma maneira lateral, mas sim de maneira frontal. Não tem medo de tratar dos seus heróis, de ir ao centro dos temas, de tratar de questões que são fundamentais para a superação de uma sociedade de classes. Faz tudo isso de uma maneira acessível, atraente, que dá nas pessoas vontade de ler a próxima página. Compatibilizar essas duas coisas é dificílimo, e o jornal tem cumprido muito bem essa missão, essa tarefa. Desejo que siga como espaço de resistência, de luta revolucionária.”


Foto: Jornal A Verdade

Cid Benjamin

Jornalista, professor universitário e ex-preso político. Atualmente é vice-presidente da ABI.

“Em primeiro lugar, é uma proeza um jornal de esquerda durar 20 anos num país como o Brasil. Em segundo lugar, é fundamental que iniciativas como essa se multipliquem, porque um dos pilares da dominação da direita no país é o controle dos meios de comunicação. Quebrar essa barreira é fundamental. Por isso, o esforço é louvável. Nessa batalha que a gente trava de corações e mentes, as nossas armas, entre outras, é a batalha da comunicação. De maneira que o jornal A Verdade está de parabéns.”


Reimont

Vereador da cidade do Rio de Janeiro pelo PT. Leitor de A Verdade desde 2013.

A Verdade, além de ser uma mídia necessária neste momento político que estamos vivendo, se destaca por sua independência; quem o apoia não dita a linha política do jornal. Parabéns à turma que não abandona os trens”.


J. de Alencar Araripe

Leitor e assinante do jornal A Verdade em Brasília.

“O jornal A Verdade é um veículo da maior importância, principalmente para a classe trabalhadora. Conclamo aos companheiros leitores de A Verdade que continuem colaborando, defendendo e divulgando o nosso jornal.”


Silvana

Professora da Comunidade Quilombola São Bernardino – Jambuaçu, município de Moju (PA).

“O jornal A Verdade é importante pela diferença que tem dos outros jornais: não tem enrolação e conta realmente a verdade. Sabemos que os outros jornais são sensacionalistas e só pensam no dinheiro, mas A Verdade conta tudo bem detalhado e não fica distorcendo as notícias pra agradar um ou outro. Eu gosto de ler porque é muito bem explicado e não é cheio de anúncio. Também gosto da parte em que as pessoas comuns escrevem, tipo os estudantes, porque isso traz peso ao jornal. Eu acho que o jornal deveria ser feito pelo menos uma vez por semana. De mês em mês demora muito.”

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes