UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 25 de setembro de 2022

Centenas de manifestantes marcham em Londres contra extradição de Assange para os EUA

Audiência que pode extraditar o fundador do Wikileaks acontece na próxima segunda-feira.
Extraído de Opera Mundi


Foto: Reprodução
Centenas de ativistas marcharam nesta sábado até o Parlamento britânico, em Londres, para se manifestar contra a extradição do fundador do Wikileaks, Julian Assange, para os Estados Unidos.

A marcha, que partiu pela manhã da missão diplomática da Austrália na capital do Reino Unido, acontece antes da audiência de Assange em Londres na próxima segunda-feira (24/02) que decidirá se o ativista deve ser ou não extraditado para os EUA.

O pai do ativista australiano, John Shipton, participou da marcha ao lado de nomes como o músico Roger Waters e o ex-ministro de Finanças grego e líder da Frente Europeia de Desobediência Realista, Yanis Varoufakis.

Assange, que está preso na prisão de Belmarsh desde maio de 2019, enfrenta 18 acusações nos EUA pela publicação de documentos secretos que evidenciavam crimes de guerra cometidos pelos norte-americanos, assim como ações de espionagem e manuais de tortura.

“Eu venho transmitir a vocês o agradecimento dele, a nobreza dele e sua força de caráter depois de nove anos”, disse o pai de Assange aos manifestantes.

O fundador do Wikileaks está preso desde maio do ano passado, quando perdeu a condição de refúgio da embaixada do Equador, onde vivia desde 2012.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes