UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 6 de julho de 2022

Poesia: À moda da casa

Por João Paulo Holanda, Natal

Zumbi dos Palmares, 

líder do Quilombo que chegou a reunir 30 mil pessoas,

que plantavam, colhiam e criavam animais

numa terra que pertencia a todos.

Em 20 de novembro de 1695, foi preso, torturado

e teve sua cabeça decepada exposta no centro da cidade do Recife.


Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes,

guiou a Conjuração Mineira: lutou

por uma república democrática e independente.

Preso, teve seu corpo esquartejado, em 21 de abril de 1792.

Sua cabeça também foi exposta 

– sobre um poste, na cidade de Vila Rica. 

Outro Joaquim, mas do Amor Divino Rabello, 

o Frei Caneca,

conduziu três mil insurgentes na Revolução Pernambucana.

Frei Caneca, por decisão do imperador Dom Pedro I,

foi fuzilado em praça pública, 

em 13 de janeiro de 1825.

 

Carlos Marighella, dirigente revolucionário, 

poeta e guerrilheiro baiano.

Considerado o inimigo número um do regime militar.

Percebendo a emboscada que lhe prepararam,

Marighella reagiu imediatamente à prisão, 

e teve o seu corpo cravado de balas, na noite de 4 de novembro de 1969.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes