TwitterFacebook

Walter Zuleta, presente!

PRESENTE – O Comunista Revolucionário boliviano Walter Zuleta Vive! (Foto: Reprodução)

“O legado de Chicho é daqueles que alimentam os corações e as consciências dos homens e mulheres que se colocam à disposição da luta contra a exploração dos trabalhadores, dos povos e nações oprimidos pelo imperialismo e pela vitória do socialismo e do comunismo no mundo.”
Partido Comunista Revolucionário (PCR)
Comitê Central

RECIFE (PE) – É com imenso pesar que o Partido Comunista Revolucionário (PCR), do Brasil, anuncia o falecimento do camarada Walter Zuleta (Chicho), do PCR da Bolívia, partido recém-criado em que ele teve “participação fundamental e clareza da necessidade que seu país tinha de uma organização marxista-leninista para a luta dos povos até o horizonte do socialismo científico”, de acordo com o PCR-Bolívia.

Chicho participava da reunião anual da Conferência Internacional de Organizações e Partidos Marxistas-Leninistas (CIPOML) e, no terceiro dia, foi internado de urgência por causa da Covid-19, vindo a falecer alguns dias depois. Uma de suas tarefas, como de todos os revolucionários, era o combate à pandemia e aos governos que a subestimam, que matou e continua matando seus amigos e companheiros de luta, na Bolívia e ao redor do mundo.

A vida de Walter foi dedicada à luta revolucionária e à militância comunista, desde a juventude. Na Faculdade de Direito da UMSA, onde lutou pelos direitos dos estudantes e combateu o ditador Hugo Banzer, foi exilado para o Chile. Como internacionalista, não se acomodou e se juntou a Salvador Allende e a todos os democratas, socialistas e comunistas chilenos na luta de resistência ao golpe militar de Pinochet.

Era integrante do Secretariado Nacional do PCR-Bolívia e foi um comunista decisivo na organização da luta contra o golpe fascista de 2019 em seu país, além de um incansável combatente pela construção de uma alternativa revolucionária de libertação nacional para a Bolívia.

O legado de Chicho é daqueles que alimentam os corações e as consciências dos homens e mulheres que se colocam à disposição da luta contra a exploração dos trabalhadores, dos povos e nações oprimidos pelo imperialismo e pela vitória do socialismo e do comunismo no mundo. Walter Zuleta vive! Viva o socialismo! Viva o comunismo!

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações