UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 9 de agosto de 2022

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Declaração Final da XXVII Sessão Plenária da Conferência Internacional de Partidos e Organizações Marxistas

Os partidos e organizações que são membros da Conferência Internacional de Partidos e Organizações Marxistas-Leninistas – CIPOML reafirmam o compromisso de desenvolver todos os...

CIPOML: nós apoiamos a luta dos povos do Sri Lanka

Confira a declaração da CIPOML sobre a revolta popular em curso no Sri Lanka. O país asiático vem passando por rebeliões e protestos desde...

Direção coletiva, controle e crítica: três armas para evitar fracassos e combater a estagnação

O método coletivo de direção é o único método de direção que permite seriamente a aplicação consistente da crítica e da autocrítica, que deve ter como finalidade descobrir e eliminar os erros e as nossas fraquezas.

Manifesto da CIPOML para o 1º de Maio

Contra a crise, a revolução social! Contra a guerra das potências imperialistas, a luta revolucionária para derrubar o domínio do capital!

Movimentos sociais se mobilizam em consulados do México por justiça a Tomás Martínez Pinacho

Redação Nacional INTERNACIONAL - Hoje (24), militantes de movimentos e organizações políticas e sociais se mobilizaram nos consulados do México pedindo justiça a Tomás Pinacho,...

EUA sofrem derrota humilhante no Afeganistão

Após 20 anos de ocupação imperialista, EUA perdem guerra mais longa de sua história e fogem do Afeganistão. Milícia reacionária fundamentalista Talibã retoma o poder e reinstitui teocracia ditatorial. Conheça as origens do Talibã e dos motivos da invasão dos EUA e sua derrota. 

Uma análise socialista dos cem primeiros dias de Biden

Os primeiros cem dias nos mostraram como será a presidência de Biden: promessas abandonadas e a separação contínua da vida política americana dos desejos dos trabalhadores.

Solidariedade com a luta do povo colombiano

Um novo surto social contra as políticas antipopulares da burguesia ocorreu, desta vez na Colômbia. Milhões de trabalhadores, camponeses, jovens, mulheres, desempregados, artistas, aposentados, moradores de bairros paralisaram o país com um protesto militante que começou em 28 de abril e continua, apesar das dezenas de lutadores e lutadores mortos pelas forças da ordem, as centenas de feridos, torturados, espancados e até agredidos sexualmente. O Exército e a Polícia responderam com a sua habitual política belicista, para enfrentar aqueles que consideram ser o inimigo interno.

Protestos derrubam projeto antipovo na Colômbia

Ao menos 14 pessoas podem ter sido mortas em confrontos com a polícia, de acordo com a organização de Direitos Humanos Human Rights Watch; além de cerca de 250 manifestantes presos e aproximadamente 60 imigrantes venezuelanos expulsos do país.

Eleições são fraudadas no Equador

O principal desafio das forças revolucionárias nas eleições de fevereiro esteve, portanto, diretamente ligado à necessidade de expressar na luta eleitoral a luta de rua que ocorreu no ano anterior.

Walter Zuleta, presente!

O legado de Chicho é daqueles que alimentam os corações e as consciências dos homens e mulheres que se colocam à disposição da luta contra a exploração dos trabalhadores, dos povos e nações oprimidos pelo imperialismo e pela vitória do socialismo e do comunismo no mundo.

Novidades