TwitterFacebook

SEEPE organiza atos no dia Internacional da Enfermagem

Carreata em Recife e região metropolitana

Redação-PE

No dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro (a), 12 de maio, o SEEPE (Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Pernambuco) e o MLC ( Movimento Lutas de Classe) participaram ativamente da organização de diversos atos pelo Estado de Pernambuco conjuntamente com o SANTEPE (Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Pernambuco), o COREN-PE( Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco) e a ABEN( Seccional estadual da Associação Brasileira de Enfermagem. Este ano vários estados no Brasil realizaram atos e protestos em defesa da Enfermagem e pela aprovação do PL(Projeto de Lei 2.564/2020) que estabelece um piso nacional para os Enfermeiros, técnicos,  auxiliares de enfermagem  e Parteiras.

O Dia Internacional da Enfermagem é celebrado desde 1965, mas oficialmente esta data só foi estabelecida em 1974, a partir da decisão do Conselho Internacional de Enfermeiros. O dia 12 de maio foi escolhido como homenagem ao nascimento de Florence Nightingale, considerada a “mãe” da enfermagem moderna.

Em Pernambuco, o ato contou com carreata dos profissionais de Recife e região metropolitana e mobilização em diversas cidades:

Na região metropolitana de Recife, centenas de profissionais saíram em carreata da fabrica Tacaruna, local da concentração, em Olinda e terminaram na Zona Sul da capital pernambucana. Durante o trajeto foram feitas duas paradas pela capital, uma em frente ao Hospital da Restauração, onde foi denunciado o descaso do governo Estadual com a Saúde e os profissionais, pagando um dos salários mais baixo do Brasil e outra parada em frente ao Hospital Português, o maior Hospital da rede privada de Pernambuco e que seus donos tem organizando os demais capitalistas para impedirem a aprovação do PL no senado. Na Praia do Pina, em Recife, ocorreu o encerramento da carreata, onde os profissionais colocaram cruzes na areia para lembrar as mortes de 778 trabalhadores da saúde por Covid-19 no Brasil, número contabilizado, até o dia 11 de maio pelo Observatório de Enfermagem.

Em Carpina, ocorreu uma grande mobilização nas unidades de saúde da cidade, com a categoria unida pela luta da aprovação do PL  e pela redução da carga horária dos enfermeiros, para Sandra, coordenadora do MLC em Carpina, “… os profissionais de enfermagem merecem mais que aplausos, merecem respeito.”.

Encerramento da passeata em Caruaru

Na cidade de Caruaru, Os profissionais fizeram uma passeata pelas ruas da cidade, em defesa do PL e denunciaram a situação da classe trabalhadora e o descaso do governo Federal, Estadual e Municipal, não só com os profissionais da Enfermagem, mas com toda a classe trabalhadora no Brasil.

No sertão, a principal mobilização dos profissionais ocorreu nas cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) com o objetivo de cobrar a aprovação do PL no Congresso Nacional. Cabe lembrar que o líder do governo militar de Bolsonaro no senado, é Fernando Bezerra Coelho (MDB) e tem seu principal reduto eleitoral em Petrolina e região. Os profissionais seguiram em passeata de Petrolina e Juazeiro até se encontrarem na Ponte Presidente Dutra, que delimita a cidade de Petrolina e Juazeiro, realizando um ato mostrando a necessidade de união da categoria para enfrentar a resistência dos parlamentares  e empresários na aprovação do PL. Além destas cidades, o SEEPE e o MLC, participaram dos atos promovidos nas cidades de Garanhuns e Arcoverde.

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações