UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 25 de setembro de 2022

Seminário do MLB em Jaboatão dos Guararapes

Foto: MLB- PE

Por: Débora Nunes dos Santos e Victor Henrique da Silva Ferreira

O Movimento de Luta nos Bairros Vilas e Favelas ( MLB), realizou no ultimo dia 28 de abril, às 19:00 horas, no Auditório do antigo Fórum de Jaboatão dos Guararapes-PE, atualmente ocupado pelo movimento, o seminário com o tema: Direitos Humanos, Ditadura Nunca Mais e Moradia.  O seminário realizado através da plataforma Google Meet, foi dirigido pelo Mediador Davi Lira – Coordenador nacional do MLB e contou com a participação de Edival Nunes Cajá, ex-preso político, sociólogo e membro do Comitê e memória, verdade e justiça pela democracia de Pernambuco e  o professor Dilson, que faz parte da direção do SINTEPE( Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras em Educação de Pernambuco e da CUT(Central Única dos Trabalhadores).

Respeitando as regras de distanciamento social, o evento teve duração de duas horas e contou com uma plateia bastante engajada e interessada em ouvir os relatos dos companheiros Cajá e o professor Dilson. No decorrer do evento a plateia citou os nomes dos companheiros Manoel Lisboa de Moura, Fernando Santa Cruz, entre outros que foram vítimas da  Ditadura Militar, que durou vinte e um anos. A plenária participou ativamente a exemplo do integrante da ocupação Paulo Freire, Euclides Monteiro( MLB), que fez um relato pessoal apos ouvir o palestrante Cajá, que fez uma explanação a respeito do pré-golpe na década de 50, o qual citou a conjuntura política do Brasil e de outros países na época, que causava preocupação nos generais e levaram eles a aplicar o golpe militar.

 O  senhor Euclides lembrou que nasceu no ano em que aconteceu o referido golpe, e teve toda a sua infância em plena ditadura, lembrou perfeitamente que aos seus dezesseis anos já ouvia falar no companheiro Cajá que travava uma luta em defesa da volta à democracia. Então, preocupado, o  mesmo indagou ao palestrante: se seria possível a volta da ditadura com regime  militar? Em resposta, Cajá citou que durante esse desgoverno de Bolsonaro ele investiu por diversas vezes nessa tentativa, atingindo diretamente o Supremo Tribunal Federal (STF), o Congresso Nacional e o Senado Federal, ferindo a nossa constituição de 1988, mas o mesmo não obteve êxito. Essa situação deixou os brasileiros em alerta para combater veemente essa investida.

Maria Izabel Borges da Silva, nascida na aldeia Xucuru de Ourubá em Pernabuco, faz parte do Partido Comunista Revolucionário ( PCR) e do MLB, integrante da ocupação, pontuou que seu povo sofreu muito durante a ditadura militar, vários índios foram torturados e mortos. Ela afirmou que ainda existe muito preconceito em relação ao índio no contexto urbano, para atenuar essa realidade existe uma aldeia que se chama KARAXUWANASU, que é uma associação indígena, que serve de apoio para eles. Ela foi apresentada ao MLB em 2018 e desde lá vem lutando por moradia digna com o objetivo de reivindicar os seus direitos junto com seus parentes. Izabel sabe que o MLB não é só moradia e também luta por educação, saúde, alimentação entre outros direitos essenciais para uma vida digna. Ela terminou sua fala com o grito de ordem: DITADURA NUNCA MAIS!

Segundo Davi Lira, a realização deste seminário é importante para o movimento. Ainda de acordo com ele não basta só lutar pela moradia digna, é necessário ter conhecimento das chagas que oprimem nosso povo, para só então, por meio da luta, vencer as opressões que afligem a população brasileira, sobretudo o trabalhador que nos últimos anos teve seus direitos precarizados pela reforma trabalhista de 2017.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes