TwitterFacebook

A mídia brasileira e o imperialismo estadunidense

Foto: O Cafezinho

Reinilson Câmara


SÃO PAULO – No dia 11 de setembro de 2021 o Jornal Nacional da TV Globo, transmitiu durante vinte minutos um especial sobre os vinte anos da derrubada das torres gêmeas com os dizeres de que quando os Estados Unidos da América intervêm na geopolítica global o mundo tem mais paz, sugerindo que o EUA deva ser o xerife do mundo. Esse fato demonstra como o imperialismo atua no Brasil através dos seus veículos de propaganda, como a chamada grande imprensa. 

Esse ano completa vinte anos, do que segundo a rede globo, foi o maior ataque terrorista da história, o atentado às Torres Gêmeas. É evidente que os trabalhadores se  compadecem com as vítimas civis desse atentado, mas vale destacar que esse evento foi está profundamente ligado à política externa que os Estados Unidos sempre praticaram. O Estados Unidos possui uma centena de bases militares ao redor do planeta, a indústria da guerra mantém o PIB do país com uma dinâmica que faz com que essa indústria jamais pare de funcionar, pelo contrário, os investimentos do governo nesse setor são cada vez maiores. Dessa forma, os estadunidenses sempre precisam provocar uma guerra ou outra, deixando um rastro de destruição e morte. 

O Estados Unidos é um estado que provoca o terrorismo em várias partes do mundo e a forma como o Jornal Nacional, que gastou mais de vinte minutos exaltando esse país, dizendo que quando os Estados Unidos da América intervêm na geopolítica global o mundo tem mais paz, mostra como o imperialismo atua no nosso país. Fazendo uma avaliação histórica da imprensa brasileira, observamos que os grandes jornais e meios de comunicação encontram-se concentrados na mão de poucas famílias, com um grande alcance, influenciando todos os dias milhões de brasileiros. Juntando-se ao fato da burguesia nacional estar à serviço dos interesses do imperialismo, isso justifica o fato dos bilionários injetarem muito dinheiro nas propagandas veiculadas por esses canais em troca destes defenderem diariamente seus interesses. 

A forma como a grande mídia noticiou esses vinte anos do atentado às Torres Gêmeas devem ser utilizadas por nós como uma forma de mostrar para à população como o imperialismo atua e manipula nosso imaginário, como ele fortalece a ideologia do capital, como ele se apodera do subjetivo de nós brasileiros e de todos os países da periferia do sistema capitalista.

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
block-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações

%d blogueiros gostam disto: