TwitterFacebook

Unidade Popular realiza 3º Congresso Estadual de MG

Congresso Estadual ocorreu no Sindicato dos Petroleiros. Comunicação UP Minas Gerais

Redação Minas Gerais

BELO HORIZONTE – No último domingo (31), ocorreu no Sindicato dos Petroleiros de Minas Gerais (Sindipetro/MG) o congresso estadual da Unidade Popular. Além de colocar o debate sobre a conjuntura estadual e nacional e a situação da classe trabalhadora, o congresso se debruçou sobre as tarefas do Partido para o próximo período, pontuando a importância da UP nas mobilizações pelo Fora Bolsonaro e a necessidade de vigilância constante contra qualquer ameaça golpista.  

O camarada Braz Teixeira foi lembrado pela militância, não só como uma das mais de 600.000 vítimas do genocídio de Bolsonaro, mas também como exemplo de firmeza e convicção na luta pelo socialismo.  

Com muita energia, o plenário entoou palavras de ordem, trazendo também nas falas contribuições ricas para o avanço da luta e da organização da UP. A questão socioambiental foi uma pauta que se fez presente nas denúncias das regiões do estado, a exemplo das ameaças aos recursos hídricos, a expansão da mineração para o Norte de Minas e o projeto do Rodoanel proposto pelo Governo Zema, além dos riscos aos povos tradicionais mineiros. Além disso, o Frei Gilvander, da Comissão Pastoral da Terra, que compôs a mesa, deu uma importante intervenção sobre o tema.

Momento de falas da mesa do Congresso. Comunicação UP Minas Gerais

Também participaram da mesa de conjuntura Rodrigo Cayres, presidente estadual da na última gestão, José Francisco da Auditoria Cidadã da Dívida, Léo Péricles, presidente nacional da UP, Maria da Consolação (PSOL), Eloísa Aquino, vice-presidenta estadual Alda Santos, da direção do Sindmetro/MG e da FENAMETRO. Houve também uma fala do Partido Comunista Revolucionário. Túlio Lopes, do PCB, e a professora Suzane, ex-vereadora de Santa Luzia pelo PT, enviaram vídeos saudando o Congresso.

O Congresso também contou com a participação especial do artista popular Di Souza, músico da periferia e do carnaval de Belo Horizonte, ocasião em que foi exibido o clipe de sua música “O Aluguel Venceu”, gravado na Ocupação Eliana Silva.

Di Souza se apresentou no Congresso e teve o clipe de uma de suas músicas exibido no evento. Comunicação UP Minas Gerais

A atividade expressou também a representatividade da UP no estado, com vinte e duas cidades presentes. A diversidade ficou expressa na composição de delegadas e delegados, com 55,6% de mulheres, 1 pessoa agênero, 1 pessoa queer, 65% LGBTQ+, 55% negras e negros e 1 PCD (Pessoa Com Deficiência).  

Ao final, o Congresso elegeu a delegação que representará a militância mineira no Congresso Nacional, além do novo diretório estadual. Poliana Souza, do MLB, assume a presidência e Eloisa Aquino na vice-presidência, e Rodrigo Cayres é o novo tesoureiro estadual do Partido. 

Diretório eleito no Congresso Estadual de Minas. Comunicação UP Minas Gerais

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações

%d blogueiros gostam disto: