TwitterFacebook

MLB conquista 150 cestas básicas em Porto Alegre

Foto: Everaldo Jr.

Carla Castro*

Na última quinta-feira, 16 de dezembro, as famílias que se organizam no Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB/RS) ocuparam a loja da rede BIG localizada na Av. Sertório, zona norte de Porto Alegre. O grupo reivindicava cestas básicas. A atividade, que integra a ação nacional Natal Sem Fome e Sem Miséria, se repetiu em mais de uma dezena de estados brasileiros na mesma data. Em algumas localidades, os alimentos foram levados ao encerrar dos atos.

Em Porto Alegre, a coordenação estadual do movimento negociou a saída do local a partir de uma indicação positiva do gerente da loja que se comprometeu com o pedido. Nesta terça-feira, 21 de dezembro, após muita negociação e apresentação de todos os dados e informações solicitadas, a resposta chegou: as 150 cestas básicas serão entregues nesta semana e o movimento fará o repasse para todas as famílias.

Conforme o coordenador nacional do MLB, Luciano Schafer, o MLB fez a luta pelo direito fundamental à alimentação digna das quase 70 famílias que participaram do ato realizado no BIG. Já Priscila Voigt, que também é da coordenação nacional, ressalta que o número de pessoas mobilizadas é ainda maior. “Como nossa atividade foi no meio da tarde, muitos não conseguiram comparecer. São muitos companheiros e companheiras desempregados e que conseguem bicos e não podem abrir mão desse valor que ajuda a justamente levar alimentos para sua família”, destaca.

DADOS – No início do mês de dezembro, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgou que a cesta básica na capital gaúcha custa R$ 685,32, o terceiro mais caro do país, ficando atrás apenas de Florianópolis, onde custa R$ 710,53 e de São Paulo, onde é R$ 692,27. O órgão informou, ainda, que a variação do preço da cesta básica nos doze meses de 2021 foi de 11,07%. 

O mesmo estudo indicou dois pontos que chamam a atenção: é necessário que um trabalhador faça uma jornada de 137 horas e quatro minutos para conseguir comprar a cesta básica e o salário mínimo necessário para arcar com o custo de vida deve ser de R$ 5.969,17, ou seja, 5,42 vezes a mais do que o vigente no momento que é de R$ 1.100.

Este foi o segundo ano que o MLB realizou o Natal Sem Fome e Sem Miséria no Rio Grande do Sul e saiu vitorioso. É mais uma amostra da importância das famílias, dos trabalhadores, dos homens e mulheres, e dos estudantes se organizarem no movimento. Sabemos que neste momento de enfrentamento ao fascimo, a luta é cada vez mais necessária.

*Jornalista e coordenadora estadual do MLB/RS

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações

%d blogueiros gostam disto: