UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 28 de maio de 2022

Metroviários de Minas Gerais entram em greve contra privatização


Metroviários deflagram greve em Minas. Foto: MLC/MG

MINAS GERAIS – Às 00 horas do dia 23 dezembro os metroviários de Minas Gerais entraram em greve. A adesão ao movimento grevista foi altíssima, fazendo que com que todo o serviço fosse interrompido na cidade de Belo Horizonte e Contagem.

A Greve foi iniciada em resposta à decisão do governo Bolsonaro que fere o acordo coletivo de trabalho da categoria. Os trabalhadores Metroviários conquistaram em acordo coletivo a permissão da mudança de unidade para os trabalhadores. A última decisão do governo federal impede as transferências em um momento em que a empresa está sob ataque para que seja privatizada. Todo o esforço do governo federal representa uma ameaça concreta de demissão em massa para toda a categoria.

Além disso, a decisão foi tomada de forma arbitrária, sem nenhum diálogo com a categoria. Outra resolução unilateral do governo Bolsonaro transforma a CBTU em uma subsidiária, o que altera o contrato de trabalho dos empregados e facilita seu processo de privatização. E mesmo assim, a CBTU e o Governo Federal se negaram a ouvir os trabalhadores e seu sindicato.

Foram tentadas formas de diálogo com o governo, através do Ministério Público do Trabalho, porém a categoria não obteve êxito. Outro elemento é que o Governo Estadual de Romeu Zema encaminha o processo de privatização da mesma forma que Bolsonaro: Zema ignora as reinvindicações da categoria e segue negociando com empresários do setor de transporte.

Por tudo isso, a categoria avaliou que as tentativas de diálogo chegaram ao fim, iniciando a greve por tempo indeterminado. A reinvidicação imediata é para que o governo federal reverta a decisão de transformar a CBTU Minas Gerais em uma subsidiária e inclua o sindicato e os trabalhadores nas discussões sobre a ameaça de privatização do metrô.

A Greve continua!
Redação MG

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes