UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 29 de novembro de 2022

Leonardo Péricles inicia Caravana da UP pelo Nordeste

Parque da Lagoa, em João Pessoa (PB). Foto: Rafael Freire

Entre os dias 18 e 21 de janeiro, o pré-candidato à Presidência da República pela Unidade Popular passou pelos Estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte


Carla Castro e Redação

Foi dada a largada para a Caravana da Unidade Popular (UP) e a região nordeste foi escolhida para a primeira viagem do pré-candidato à Presidência da República, Leonardo Péricles. De acordo com Leo, como é chamado pelos militantes do partido, a região teve os primeiros estados que cumpriram o número mínimo de apoiamentos exigido pelo TSE no processo de legalização da UP. “Entendemos que os companheiros e companheiras nordestinos tiveram papel fundamental para a criação da UP. Além do mais, foi em Pernambuco que realizamos a assembleia de fundação do partido”, afirma. 

O primeiro compromisso, no dia 18, foi na Cúria Metropolitana de Recife e Olinda, onde se encontrou com Dom Fernando Saburino, arcebispo da Diocese. Participou do encontro também o bispo auxiliar Dom Limacêdo. Além disso, deu entrevistas à imprensa. À tarde, Em Jaboatão dos Guararapes, esteve na Ocupação Selma Bandeira para apresentar a pré-candidatura aos moradores do local.

Em seguida, a Caravana foi a Caruaru, no Agreste pernambucano, onde dialogou com operários da construção civil e da limpeza urbana e caminhou pela feira. Ao final do dia, Leo participou de uma plenária com cerca de 50 com filiados e filiadas da UP, além de apoiadores.

Como diz a canção: “Na feira de Caruaru”

A manhã do dia 19 foi toda dedicada a entrevistas na imprensa local de Caruaru, despertando grande interesse da população sobre as opiniões do presidenciável da UP. À noite, de volta a Recife, Leo empolgou a militância da UP presente ao auditório do Movimento de Trabalhadores Cristãos (MTC), que passava da marca das 80 pessoas.

No dia 20, em João Pessoa, Capital da Paraíba, Leo também concedeu várias entrevistas à imprensa pela manhã e início da tarde. Em seguida, visitou as comunidades São Rafael e Tito Silva, onde esteve no Espaço Comunitário CEIFA com as lideranças comunitárias. Na São Rafael, percorreu toda a comunidade e conheceu de perto a realidade do rio Jaguaribe e a luta contra um projeto de especulação imobiliária que quer expulsar centenas de famílias do local. À noite, foi até uma empresa de limpeza urbana, acompanhado pela diretoria do SINDLIMP-PB, e discursou para os trabalhadores. A agenda do pré-candidato se encerrou com uma combativa plenária no Sindicato dos Correios, que contou com cerca de 80 pessoas, vindas de várias cidades paraibanas.

Plenária no Sindicato dos Correios da Paraíba

A capital do Rio Grande do Norte foi a última cidade a ser visitada nesta primeira Caravana da UP. Leo foi recebido na Ocupação Emmanuel Bezerra, do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB). No espaço concedeu entrevistas para a mídia alternativa. Na sequência, se reuniu com os Diretórios da UP no estado e almoçou na Ocupação Valdete Guerra. Ao final do dia, participou de uma grandiosa plenária em frente à Ocupação Emmanuel Bezerra, onde foi ovacionado pela militância aguerrida da UP, pelas famílias do MLB e por vários simpatizantes, somando mais de 100 pessoas. Para abrilhantar a noite, houve ainda declamação de poemas, música e uma roda de coco puxada com pandeiro e atabaque.

Logo após o término da atividade, policiais adentraram, com armas em punho, no local da ocupação, sem qualquer motivação, numa clara tentativa de intimidar as lutadoras e os lutadores sociais de Natal, que deram uma grande demonstração de força na plenária. 

Plenária fechou a rua em frente à Ocupação Emmanuel Bezerra, em Natal

A Caravana da UP que passou pelos Estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte foi um sucesso total. Um dos pontos a serem ressaltados foi a grande receptividade das pessoas que conheceram o pré-candidato a presidente. “Isso mostra que a nossa pré-candidatura popular e revolucionária é mais do que necessária. O país precisa estar nas mãos do povo, e não será um ser iluminado que fará isso. Por isso, a importância de irmos onde nenhum candidato de partido hegemônico vai. Iremos aonde o povo está e a nossa primeira caravana mostrou isso”, conclui Leo.

Carla Castro é jornalista, militante da UP e assessora de comunicação de Leonardo Péricles

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes