UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 7 de fevereiro de 2023

MLB ocupa supermercado Unisuper em Porto Alegre

Coordenação estadual MLB Rio Grande do Sul


LUTA POPULAR – No sábado (17), aconteceu em pelo menos 17 estados brasileiros atividades do Natal Sem Fome e Sem Miséria. A iniciativa é do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) que ocorre há 15 anos no Brasil, com o objetivo de denunciar a fome, a miséria e a carestia dos alimentos. Nos últimos anos, o Movimento tem evidenciado, também, os inúmeros casos de racismo nas grandes redes de supermercado em todo o país.

No Rio Grande do Sul, estado que abriu a programação do Natal Sem Fome no Brasil, as famílias organizadas pelo movimento ocuparam a loja da rede Unisuper. Mais de duzentas pessoas participaram da atividade que ocorreu pelo terceiro ano em Porto Alegre chamou a atenção da população da capital gaúcha para uma das filiais da rede onde um trabalhador negro foi torturado.

O que chama a atenção é que em abril desde ano, a mesma loja onde o crime ocorreu, foi premiada pela Associação Gaúcha de Supermercados (AGAS) com um dos maiores crescimentos (em faturamento) com o acúmulo de R$ 500 milhões a R$ 700 milhões.

“Nosso trabalho é educativo, preparamos as famílias para reivindicar, mas as orientamos que não é vandalismo. É uma ação organizada e que nosso objetivo é conquistar a cesta básica. Da mesma forma, ao ingressar no local, avisamos que estamos ali com um objetivo único que é ganhar os alimentos que aquela rede tem em excesso. Isso é um trabalho de base e revolucionário que fazemos nas vilas e favelas em todo o país”, afirma Carlos Vieira, do MLB do Rio Grande do Sul.

A ocupação foi vitoriosa, pois a coordenação do MLB conseguiu que os representantes do supermercado se comprometessem a entregar cestas básicas nesta terça-feira. Ao final da atividade, o grupo saiu em caminhada pela zona norte da cidade rumo a Casa de Referência Mulheres Mirabal. 

O Natal Sem Fome e Sem Miséria é uma ação realizada pelo Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB). A atividade vem crescendo nos últimos anos, motivada pelo avanço do fascismo e do desgoverno do genocida Bolsonaro, que vem desassistindo as famílias pobres e de periferia do Brasil.

A disposição do povo em lutar por seus direitos pode ser percebida a partir das cidades brasileiras que a ação foi concretizada com sucesso, em muitos casos, os participantes já saíram com as cestas básicas embaixo do braço.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes