UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Governo Lula promete descobrir quem mandou matar Marielle

Novo ministro da Justiça promete que fará todos os esforços para descobrir quem mandou matar Marielle Franco e Anderson Gomes. Crime foi cometido há quase 5 anos e permanece sem solução. 

Felipe Annunziata | Redação Rio


BRASIL – Em sua cerimônia de transmissão do cargo, o ministro da Justiça e Segurança Pública do novo governo, Flávio Dino (PSB), prometeu que o Estado brasileiro realizará todos os esforços para descobrir quem mandou matar Marielle Franco.

“É uma questão de honra do Estado brasileiro empreender todos os esforços possíveis e cabíveis, e a PF assim atuará, para que nós saibamos quem matou Marielle e quem mandou matar Marielle Franco naquele dia no Rio de Janeiro. Eu sei o que é perder um filho”, afirmou Dino.

A vereadora e militante socialista foi covardemente assassinada em 14 de março de 2018, ao lado de seu motorista. Até hoje, as autoridades públicas não deram resposta sobre os mandantes do assassinato.

Após sua posse, Lula (PT) nomeou a irmã de Marielle, a jornalista Anielle Franco, como ministra da Igualdade Racial.

Marielle é internacionalmente reconhecida como uma militante dos direitos humanos, da luta antirracista, contra o machismo e a LGBTfobia. Sua morte causou mobilizações de solidariedade e justiça em todo o planeta.

A promessa de Dino e do governo de solucionar o crime pode iniciar o processo de reparação e justiça, bem como a investigação e punição dos grupos de extermínio a serviço de forças fascistas, que tentam via terror impedir o avanço da luta popular.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes