UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Famílias da Baixada Fluminense sofrem com atrasos na construção de creches e escolas

Leia também

Em suas campanhas eleitorais, os políticos burgueses juram inaugurar creches e escolas nas cidades da Baixada Fluminense. Porém, quando são eleitos, não cumprem com suas palavras e nem sequer realizam as obras para construí-las.

Giovana Martins e Hellen Caetano | Duque de Caxias


BRASIL  Uma área que foi desapropriada pela prefeitura de Duque de Caxias, onde deveria ter sido construído uma creche municipal e uma escola, virou um terreno abandonado, com materiais de construção expostos e jogados.

A obra inacabada fica localizada na comunidade de Vila Real. É uma parceria do Governo Federal com a Prefeitura de Duque de Caxias e a Caixa Econômica Federal. A construção faz parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Governo Federal. A Caixa Econômica Federal informou que já foram gastos 13 milhões. 

Em nota, a Prefeitura informou que não tem uma data prevista para a conclusão da obra. A unidade deveria atender a 128 crianças em tempo integral. Enquanto as obras e burocracia não avançam, quem sofre são as crianças e suas mães. As mulheres possuem, na maior parte dos lares, a responsabilidade por todos os afazeres domésticos, além de terem de trabalhar ou estudar fora para garantir seu sustento.

Faltam vagas em creches e escolas e sobram obras inacabadas

Na Baixada Fluminense, a falta de vagas nas creches municipais é um problema muito comum. Em Japeri, no início do ano, cerca de 60 mães de crianças com até cinco anos de idade ficaram acampadas durante duas semanas para tentar garantir uma vaga em uma creche municipal. 

Os moradores da Baixada alegam também que durante o período eleitoral o governador Cláudio Castro, em uma tentativa de reeleição, fez uma parceria com algumas prefeituras da região. Realizaram uma série de inaugurações de creches e escolas, porém uma boa parte delas ainda não está em completo funcionamento ou ainda nem sequer terminaram as suas obras. 

Essas políticas dos ricos prejudicam todo corpo familiar. Muitas mulheres não conseguem emprego porque não têm com quem deixar seus filhos, com isso, ela e seus filhos passam dificuldades financeiras, ou quando conseguem pagam caro para babás, comprometendo assim grande parte da renda da família. 

O que está por trás da ausência de investimentos?

O sistema que rege a sociedade é o capitalismo, sistema esse que precisa alimentar as desigualdades sociais para continuar existindo. A falta de creches possibilita que tais desigualdades se perpetuem.

Pensemos, muitas mães desesperadas para conseguir garantir o sustento dos seus filhos vão aceitar empregos precários, sem sequer reivindicar pelos seus direitos, por medo de ficarem desempregadas e vê sua família passar dificuldades, com isso, a exploração e a pobreza só tende a aumentar nesses lares, principalmente porque os filhos dessas mulheres muitas vezes começam a trabalhar cedo, alguns abandonam até os estudos para conseguir melhorar, mesmo que pouco, a realidade financeira de onde mora. 

Cresce a exploração contra as mulheres, contra seus filhos, a evasão escolar, e também cresce o bolso dos capitalistas, que lucram em cima de mulheres pobres trabalhadoras, sempre vistas como mão de obra barata diante desse sistema que não beneficia a vida da classe trabalhadora em nada. 

Creche é direito fundamental

Uma pauta extremamente importante é a denúncia veemente a falta de investimentos em creches, através da cobrança dos políticos a construção das mesmas através de mobilizações e reivindicações. Conversar com mães e toda sociedade, de que a existência de mais creches proporciona mais empregos, diminui os números de insegurança alimentar, assim como de evasão escolar também. 

Creche é sinônimo de qualidade de vida. É um direito constitucional. Porém, mesmo com essa luta, a situação não se tornará perfeita. Enquanto vivermos sob capitalismo viveremos num sistema injusto e ultrapassado. Por isso, é preciso lutar por mais creches, mas também pelo poder popular e o socialismo, pois somente vivendo sob uma sociedade onde o povo tenha voz, o povo terá todos os nossos direitos respeitados.

 

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos