UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 12 de julho de 2024

Carta: O capitalismo nos humilha, o socialismo nos engrandece

Uma das partes difíceis de se lidar em meio a exploração mais árdua é o assalto da dignidade do nosso povo. Quando uma mãe de família não consegue prover além do mínimo arroz e feijão para seus filhos, tem que enfrentar isso com firmeza, mas aí vem o dia da festa na escola e cada aluno tem que levar um prato de guloseimas, o que essa mãe sente?

Ou quando os filhos assistem as contas espremerem sua família trazendo mais confusão e desordem, sabendo que podem trabalhar, mas sem emprego não são nada. Como esses jovens se sentem? Como se sente aquele que teve que abandonar a escola para trabalhar e na entrevista diz que não concluiu a escola?

Como se sente a família com a situação dos avós doentes, sem tratamento, com aposentadoria irrisória ou até mesmo sem ela, sabendo que não se pode trabalhar mais do que se trabalha, sabendo que os avós trabalharam a vida inteira e sequer tem um fim de vida pleno?

O capitalismo age colocando nossa autoestima prostrada numa tormenta onde nossa força parece inútil, como se nada pudéssemos fazer a não ser ouvir a voz de fundo que sempre diz: “a vida é assim mesmo”. Quão mais árdua é nossa vida, mais tranquila e próspera é a vida dos ricos que nos colocaram nessa posição.

Para se manterem no privilégio nos culpam pela opressão que nos impõe. Mas, a verdade é que conquistamos muito debaixo de tanta opressão, nosso caminho pesado carrega toda a sociedade. Sem nós eles não existem, pois lavamos suas casas, dirigimos seus carros, até cozinhamos para seus filhos.

Eles, os ricos, acham que nós não vemos, que não entendemos, que estamos de joelhos para sua riqueza. Mas vai chegar o dia, que nem eu li no livro Mundo da Paz – que descrevia o socialismo na União Soviética.

Lá os considerados mais pobres podiam comprar máquinas de costura que só a família do imperador tinha quando era capitalismo. Vai ter o dia que nós vamos ter o orgulho de trabalhar e prover, não o mínimo, mas a fartura.

O socialismo é o espelho da nossa classe trabalhadora, o socialismo é uma obra grandiosa, como é o poder da nossa classe.

Até lá, incansavelmente, mais um camarada.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes