UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 26 de maio de 2024

CCML realiza Feira em Recife

A feira teve como objetivo proporcionar um espaço rico em conhecimento e cultura, incentivou o hábito da literatura revolucionária e valorização da produção artística local.

Redação PE


CULTURA – No último domingo, 06/08, a Feira de Livros organizada pelo Centro Cultural Manoel Lisboa (CCML), iniciou suas atividades pontualmente às 10h, proporcionando um dia repleto de literatura, poesia, cultura e arte. A feira teve como objetivo proporcionar um espaço rico em conhecimento e cultura, incentivou o hábito da literatura revolucionária e valorização da produção artística local.

Desde as primeiras horas da manhã, os participantes puderam desfrutar de uma variedade de lanches à venda, proporcionando um momento agradável de confraternização entre os presentes. Logo em seguida, um emocionante momento de declamação de poesias tomou conta do espaço, protagonizado pelo jornalista e ex-preso político Marcelo Mário de Melo. Suas poesias foram cativantes e contagiaram a todos os presentes, criando uma atmosfera de alegria e reflexão.

O evento também contou com a presença de membros da Direção Nacional e Estadual da Unidade Popular, na participação de Natanael Sarmento e Raimundo Malheiros, respectivamente que, durante o evento, expressaram gratidão pelo grandioso evento no qual participaram.

No início da tarde, a União da Juventude Rebelião (UJR), representada pelos participantes João Maranhão, Chico, Yan e Cassiano, assumiram o palco localizado na frente do Centro Cultural, para um momento musical, apresentando músicas revolucionárias que contagiaram o público presente.

Momento de leitura e debate do livro: “A Luta Antirracista e pelo Socialismo”. Foto: Hilsten Castro

Durante o decorrer da tarde, foi realizado um importante momento de leitura e debate sobre a Luta Antirracista, coordenado pela Larissa da ARES/UESPE, João do Grêmio do IFPE e Well do Correnteza UFRPE. O debate tornou-se um espaço significativo para a troca de ideias e a construção coletiva de perspectivas sobre o tema fundamental para a luta diária. Inspirados pela obra “A Luta Antirracista e pelo Socialismo”, os participantes debateram e fortaleceram o compromisso com a busca por uma sociedade mais justa, com igualdade de direitos e sem racismo.

O evento cultural proporcionou ainda a venda de livros, que resultou em 104 exemplares vendidos das Edições Manoel Lisboa a preços populares, dos quais se destacaram as vendas das obras: Revista Unidade e Luta Homenagem a Karl Marx, A vida e luta de Manoel Lisboa, Sobre Movimento Estudantil, O falso Socialismo Chinês e Manifesto do Partido Comunista, ampliando a disseminação do conhecimento e da conscientização para a luta popular.

Além disso, no brechó popular, 14 camisetas temáticas encontraram novos donos com o objetivo específico de arrecadar recursos para apoiar a delegação do Movimento Luta de Classes – MLC que participará do próximo Congresso Nacional em São Paulo.

A solidariedade revolucionária e o amor pela causa estiveram presentes também nos deliciosos lanchinhos preparados pela militância da UJR, que foram vendidos a preços populares para os participantes da Feira de Livros.

A adesão e participação ativa do público foram aspectos fundamentais do evento, com uma média de 80 pessoas que transitaram no espaço participando das diversas programações e se envolvendo na cultura proletária produzida exclusivamente pelo povo e para o povo.

A Feira de Livros encerrou-se com uma sensação de realização e motivação para futuras edições. O sucesso do evento ressalta a importância de espaços como esse, que proporcionam cultura, política e engajamento para os participantes em prol de uma sociedade verdadeiramente justa e igualitária.

#CCML

#cultura

#arte

#recife

#pe

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes