UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 21 de abril de 2024

Movimentos sociais lançam petição por uma empresa estatal de ônibus em Natal

Diversos movimentos sociais do Rio Grande do Norte em conjunto com a Unidade Popular coletam assinaturas para um Projeto de Lei por iniciativa popular que tem o objetivo de criar uma empresa de ônibus pública e de qualidade para a cidade de Natal.

Clarice Oliveira | Natal


LUTA POPULAR – Desde antes da pandemia, a situação dos ônibus de Natal era precária. Poucos circulando, sempre lotados e tarifas altas. Após 2020, isso tudo piorou. O atual Prefeito da capital, Álvaro Dias (Republicanos), preferiu beneficiar os empresários que lucram com o sistema de transporte coletivo na cidade, cortando metade da frota de ônibus que circulavam pela cidade e tirando o meio passe estudantil em horário de maior circulação. Isso culminou num ato estudantil que revogou a medida do meio passe, porém a frota dos ônibus continua menor que antigamente até os dias de hoje. 

Com isso, a população de Natal decidiu que não iria mais aceitar tamanho desrespeito e decidiu agir por conta própria. A partir de um debate feito por diversos movimentos sociais, como o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas, o Movimento de Mulheres Olga Benario e o Movimento Correnteza, decidiu-se criar um projeto de lei por iniciativa popular. Como os governantes e representantes da câmara de Natal não querem resolver a situação, o povo irá. O projeto de lei por iniciativa popular tem como objetivo criar uma empresa de transporte público para a cidade, em que o dinheiro do povo seja bem utilizado e investido em mobilidade urbana decente para os trabalhadores. 

A Unidade Popular, partido legalizado em 2019 pelo povo pobre para ter representação eleitoral, iniciou a coleta de assinaturas para o projeto de lei para mostrar que é possível mudar essa situação precária através da organização e da luta coletiva. Segundo Matheus Freitas, presidente do diretório municipal da Unidade Popular, “a situação do transporte de Natal é tão precária que não podemos nem falar que é transporte público. Hoje em dia, quem manda e desmanda nos ônibus de Natal são os empresários da SETURN. O próprio prefeito da cidade tem rabo preso com eles e por isso não irá melhorar a situação. O povo pobre e trabalhador tá cansado de acordar às 4h00 da madrugada para se preparar para ir para a parada de ônibus pegar o carro lotado feito lata de sardinha. Queremos mais respeito!”.

O partido Unidade Popular surgiu fruto de um acúmulo de debate das jornadas de junho de 2013 que reivindicavam melhorias no sistema de transporte público, a diminuição da tarifa que na época aumentou e melhores condições de vida para os trabalhadores. Hoje em dia, a tarifa dos ônibus de Natal é R$ 4,00 e irá aumentar se depender dos empresários da SETURN, que não pagam impostos e nem realizam processos de licitações de suas empresas a anos. Ou seja, querem sempre que os pobres paguem e os ricos não.

Para apoiar a iniciativa da Unidade Popular e do povo organizado, basta entrar em contato com um dos brigadistas nas paradas de ônibus coletando assinaturas de apoiadores. Você pode também entrar em contato com a equipe do Jornal A Verdade (84 99688-4375) no Rio Grande do Norte para saber mais sobre essa iniciativa.

Outros Artigos

  1. Na minha cidade o ônibus é púbico. Para quem é de fora, infelizmente é R$: 5,20. Já quem mora na cidade consegue fazer um cartão e paga apenas 1 real para qualquer lugar dentro da cidade.
    Isso é um exemplo de política favorável a classe trabalhadora que deveria ser seguida em todo o País.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes