UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 23 de abril de 2024

Classe trabalhadora de São Paulo organiza calendário de intensa luta por direitos

Ligia Mendes

Coordenação Estadual do Movimento Luta de Classes e da UP

Servidoras e servidores públicos municipais e professores estaduais impõe, aos governos alinhados com o desmonte dos direitos dos trabalhadores e destruição dos serviços públicos, uma intensa semana de lutas no Estado de São Paulo.

No município de São Paulo, enfrentando o prefeito Ricardo Nunes, que buscará reeleição em outubro com apoio do ex-capitão golpista Bolsonaro, com uma gestão afundada em denúncias de corrupção e marcada pela terceirização e privatizações, o funcionalismo público em greve exige reposição salarial real, cumprimento do piso da educação, fim do confisco das aposentadorias, contratação por concurso público e garantia de condições de trabalho. 

Já os educadores estaduais também convocam assembleia com indicativo de greve para enfrentar o governador fascista Tarcisio de Freitas que empenha violento desmonte da educação, precarização e desrespeito com os professores, injusta atribuição de aulas, cortes aviltantes de verbas, contra o novo ensino médio e autoritarismo na gestão.

Greves e lutas protagonizadas por categorias compostas majoritariamente por mulheres e mães, que se colocam na linha de frente para defender seus direitos, garantir condições dignas de trabalho e terem o mínimo de dignidade em sua aposentadoria. 

O Movimento Luta de Classes e a Unidade Popular pelo Socialismo constroem essas lutas e convoca toda a militância, que vem demonstrando sua firme atuação contra o violento avanço das propostas fascistas para retirada dos direitos do povo, a estar presente nas atividades por hora organizadas:

– 12 de março – 14h – Assembleia do Funcionalismo Municipal de SP – Local: Prefeitura.

– 12 de março – 19h – Plenária online “A UP na luta dos Servidores”

– 13 de março – 14h – Assembleia da Educação Municipal de SP – Local: Prefeitura.

– 15 de março – 16h – Assembleia Estadual dos Professores na Praça – Local Praça da República.

Vamos apoiar as grevistas, as lutas, fortalecer a unidade das categorias e da classe trabalhadora!

Vamos denunciar as políticas fascistas de retirada de direitos do povo imposta pelos privatistas Ricardo Nunes e Tarcísio de Freitas!

Vamos apresentar o Jornal A Verdade e o socialismo como saída definitiva de quem trabalha para conquista de uma vida digna, justa e sem medo!

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes