UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 25 de julho de 2024

Casa de Mulheres Ieda Santos Delgado conquista sede no DF

Após dois despejos impostos pelo Governo do DF, Casa Ieda Santos Delgado, organizada pelo Movimento Olga Benario conquistou sede para atender mulheres em situação de violência.

Coordenação do Movimento de Mulheres Olga Benario do Distrito Federal


MULHERES – A Casa Ieda Santos Delgado nasceu como um espaço de construção coletiva e de resistência das mulheres organizadas pelo Movimento Olga Benario em um prédio que estava abandonado há mais de dez anos na Região Administrativa do Guará. Na qual foi despejado violentamente duas vezes pelo Governador Ibaneis Rocha.

A ocupação transformou o local vazio e sujo em um ambiente acolhedor e emancipador para as mulheres, onde tinha disponível atendimentos psicológicos, jurídicos e de formação para mulheres que sofreram violências. Além da ocupação ser uma forma de denunciar a ineficiência do Estado em fornecer equipamentos eficientes de atendimento à mulher.

A luta das mulheres manteve viva, mesmo sem sede. o movimento se fortaleceu e realizou mais uma ocupação, esse ato exitoso demonstrou que a luta das mulheres é perseverante, conquistamos uma mesa de negociação com a Superintendência do Patrimônio da União (SPU) para destinação de um imóvel para a casa de referência, esta semana tivemos uma grande vitória a destinação de um imóvel para a sede da Casa Ieda.

Após dois despejos violentos, promovido pelo Governador milionário Ibaneis Rocha (MDB) e sua vice Celina Leão (PP), ficou claro que o único caminho possível para mulheres é fortalecer sua organização e a luta popular para impor vitórias. O trabalho da Casa Ieda, mesmo sem espaço físico, seguiu sendo realizado de forma itinerante, chegando a mulheres e crianças de diversas regiões administrativas.

Nesse período, o movimento se fortaleceu e realizou mais uma ocupação, em um prédio vazio da Asa Sul. Graças a esse ato exitoso que demonstrou que a luta das mulheres é perseverante e não se abala com as dificuldades, conquistamos uma mesa de negociação com a Superintendência do Patrimônio da União (SPU) para destinação de um imóvel da União para a casa de referência.

Na última quinta-feira (27/06), foi realizado o evento de instalação do Fórum de Apoio ao Programa de Democratização de Imóveis da União do Distrito Federal, com o objetivo de promover o debate e a priorização da destinação dos imóveis da União para habitação social e outras políticas públicas, em benefício da população. Neste dia, foi feita a cessão de imóvel para a Casa Ieda Santos Delgado.

Essa conquista é fruto do reconhecimento deste trabalho diário que vem sendo desenvolvido nos últimos anos pelo Movimento Olga na região, organizando as mulheres e conscientizando sobre a importância de lutar por uma sociedade mais justa. O reconhecimento desse trabalho pela SPU foi fundamental para o compromisso de cessão do espaço ao movimento.

 “A conquista da sede da Casa Ieda é a prova de que só com organização e luta as mulheres conseguem conquistas. No Distrito Federal praticamente não existe aparato do Estado para defender a mulher em situação de violência, por isso só em 2023 foram 35 feminicídios. Com esta sede poderemos dar um maior apoio as mulheres em situação de violência.” Afirma Ruhama Pessoa Coordenadora da Casa Ieda e do Movimento de Mulheres Olga Benario.

Saiba como fortalecer a luta das mulheres

Contribua para as obras de adequações e reformas no novo espaço para a realização de atividades e atendimentos. Apoie a nossa luta e doe pelo PIX: [email protected]

Siga a Casa Ieda no Instagram: @movimentoolga.df

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes