UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 7 de dezembro de 2022

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

EUA sofrem derrota humilhante no Afeganistão

Após 20 anos de ocupação imperialista, EUA perdem guerra mais longa de sua história e fogem do Afeganistão. Milícia reacionária fundamentalista Talibã retoma o poder e reinstitui teocracia ditatorial. Conheça as origens do Talibã e dos motivos da invasão dos EUA e sua derrota. 

Uma análise socialista dos cem primeiros dias de Biden

Os primeiros cem dias nos mostraram como será a presidência de Biden: promessas abandonadas e a separação contínua da vida política americana dos desejos dos trabalhadores.

EUA e Colômbia querem impor cerco militar à Venezuela

O ano de 2022 será um ano decisivo para a Venezuela em virtude da ofensiva político-militar planejada pelo presidente dos EUA, Joe Biden, com apoio do governo colombiano.  

Bolsonaro atrasou compra de vacinas para atender interesses dos EUA

Relatório publicado pelo Departamento de Saúde dos EUA revelou que o então presidente Donald Trump “persuadiu” o Brasil a não comprar doses da vacina Sputnik V, fabricada na Rússia, levando nosso país a se transformar no “cemitério do mundo” e uma das nações mais atrasadas na vacinação em todo o planeta.

Pacote anticrise de Biden contraria receituário neoliberal

Pacote de socorro do presidente norte-americano joga pela janela a ideologia do Estado mínimo, cultivada por décadas tanto pelos políticos democratas como pelos republicanos.

Fascista Trump é derrotado em eleições nos EUA

Após vários dias de apuração, Donald Trump, atual presidente dos EUA, foi derrotado pelo candidato do partido democrata, Joe Biden, que até o fechamento desta matéria contabilizava 290 delegados no Colégio Eleitoral. Com quase quatro anos de um governo autoritário, com políticas racistas e antipopulares, Trump foi derrotado nas urnas pela mobilização do povo estadunidense contra o fascismo e o racismo.

A farsa da democracia Norte-Americana

“No fim do dia, o eleitor norte-americano escolhe entre dois lados da mesma moeda, visto que as eleições não apresentam propostas concretas de mudança na sociedade, mas são, em sua maioria, de revisão de reformas já aprovadas e de emendas à constituição.”

Venezuela à beira de um ataque imperialista dos EUA

Numa clara demonstração de desespero eleitoral, o governo Trump prepara um ataque militar a Venezuela sob o pretexto de “devolver a democracia ao país”. Para justificar tal posição, Trump, sem comprovação alguma, acusa o governo Maduro de ser ligado ao narcotráfico, ao terrorismo e ser um risco à segurança da região.

Israel e EUA querem anexar a Palestina

A anexação da Cisjordânia foi decidida por Israel e pelos Estados Unidos, sem levar em conta a opinião do povo palestino e seus representantes. Essa anexação faz parte do “acordo do século” e visa a expansão das fronteiras israelenses e o avanço do controle de Israel sobre a Palestina. 

Trump quer impor ditadura militar nos Estados Unidos

A capital Washington já está sitiada por soldados da Guarda Nacional, das Forças Armadas e por agentes do Serviço Secreto. Ao menos 40 cidades já decretaram toque de recolher, entre elas São Francisco, Los Angeles e Nova York. Ao todo, mais de 4.500 pessoas já foram presas nos sete primeiros dias de protestos.

Em carta a líderes mundiais, Maduro denuncia planos intervencionistas de Trump

O presidente da Venezuela Nicólas Maduro enviou documento a chefes de Estado de todo o mundo denunciando as ações criminosas do governo dos Estados...

Novidades