UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 9 de agosto de 2022

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

191 anos de imortalidade de Simon Bolívar

Simón Bolívar representa para a maioria dos países latinoamericanos não só a libertação do passado colonial, mas também a ideia internacionalista de Pátria Grande....

A luta contra a classe dominante deve ser confederada

Por Sávio Peres BRASIL - Em março de 2012, foi encontrado o Relatório Figueiredo. Este relatório, produzido em 1968, estando há 45 anos ‘perdido’, trouxe...

Stakhanov, herói do trabalho socialista

Stálin enxergava o movimento Stakhanovista como uma importante etapa desse processo pois se tratava de operários na base da produção plenamente conscientes de seu papel histórico, dotados da expertise para o manejo da tecnologia e devotados a construção do socialismo.

Ato “Ditadura Nunca Mais!” é realizado em Salvador

Na última quinta-feira (08), foi realizado um ato em homenagem aos mortos e  vítimas da ditadura militar no centro de Salvador. O ato foi convocado pelos partidos PCR, UP e PCB em frente ao monumento que homenageia os baianos mortos pela ditadura para denunciar o golpe implementado em 1º de abril de 1964 pelos militares.

PCR homenageia seus heróis com panfletagens e atos contra o governo

As atividades também repudiaram a situação de fome, desemprego, inflação descontrolada, falta de auxílio emergencial e de vacina que tem massacrado principalmente as mulheres, os negros e a população dos bairros pobres.

200 anos de Friedrich Engels

“Engels deu uma contribuição própria à teoria do socialismo científico, que foi a de estender à natureza a concepção materialista da dialética, uma vez...

Princípios básicos do comunismo

“Princípios Básicos do Comunismo” é um projeto de programa da Liga dos Comunistas escrito por Friedrich Engels, em Paris, por decisão do Comitê Regional da Liga. Considerando-o como um projeto prévio. Em “Princípios Básicos do Comunismo”, Engels fundamentou teoricamente alguns dos princípios táticos e programáticos do partido proletário e apontou as medidas com as quais o proletariado, depois de ter conquistado o poder, prepararia a passagem do capitalismo ao socialismo. No 2º Congresso da Liga dos Comunistas (29 de novembro a 8 de dezembro de 1847), as opiniões de Marx e Engels foram inteiramente aprovadas. Ambos foram encarregados de elaborar o programa da Liga, que viria a se chamar de Manifesto do Partido Comunista. Na redação do Manifesto, os fundadores do marxismo utilizaram uma série de teses expostas nos “Princípios Básicos do Comunismo”.

Polêmica fez Stálin voltar à moda, também fez Folha de S. Paulo mentir sobre ele

Não bastasse um artigo anterior repleto de mentiras, invenções descaradas e claras contradições no discurso geral, Igor Gielow aproveita do atual antiliberalismo de Caetano Veloso e da crescente fama de Domenico Losurdo, comunista italiano, para escrever um novo artigo com curiosidades sobre José Stálin. Pior que o primeiro, o anticomunista decide usar fontes dessa vez. Teoricamente, isso enriqueceria ainda mais a veracidade de seu escrito, porém, o que seria virtude de enriquecimento teórico e proatividade literária acabou se tornando no mais cômico e nojento mau-caratismo: todas as fontes do artigo de Igor Gielow são, pasmem, Igor Gielow.

Celso Furtado, economista amigo do povo

“Você vai necessitar de apoios nessa luta dura contra privilégios e abusos de poder. Conte comigo sem reservas”. Estas foram palavras de dom Helder Câmara para Celso Furtado, ao tomar conhecimento do plano de ação para o Nordeste, apresentado pelo economista e aprovado pelo presidente Juscelino Kubitschek, em janeiro de 1959. Dois nordestinos históricos. Nesta edição, vamos falar da caminhada de Celso Monteiro Furtado em razão dos cem anos do seu nascimento, que aconteceu no dia 26 de julho de 1920 na cidade de Pombal, Alto Sertão da Paraíba.

“O revolucionário Manoel Lisboa vive!”

Em homenagem a este verdadeiro comunista revolucionário, A Verdade publica o depoimento da companheira Dionary Sarmento revelando como foi sua convivência com Galego.

O revolucionário Malcolm X

No dia 19 de maio deste ano completaram-se 95 anos do nascimento do revolucionário afro-americano El Hajj Malik Al-Shabazz, mais conhecido como Malcolm X. Sua história de vida e de luta é muito intensa e nos ajuda a entender melhor o desenvolvimento do movimento negro nos Estados Unidos da América e no mundo.

Novidades