UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

A quem servem as terras e construções na cidade?

Após 8 meses abandonado local onde era ocupações do MLB e do Movimento Olga Benario, que cumpriam função de moradia e Casa de Referência...

Comunidade do Jardim Itaussu conquista melhorias essenciais em trecho de acesso

A determinação dos moradores do Jardim Itaussu, no fundão esquecido de Mauá-SP, resultou em vitória significativa em prol da segurança e bem-estar da comunidade.

Fortes chuvas atingem Mauá deixando uma pessoa morta e três feridos

Fortes chuvas atingiram Mauá, provocando deslizamentos no Jardim Zaíra 4. Duas casas foram atingidas e uma morte e 3 pessoas feridas foram registradas.

Desabrigados pelas chuvas realizam ocupação em Mauá

Organizadas pelo Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), as famílias informaram que a Ocupação “Desabrigados pela Chuva - Antônio Conselheiro” foi...

Milhares de famílias sofrem com as chuvas em Mauá (SP)

Coordenação do MLB - SP MAUÁ - Os meses de verão no Brasil são sempre marcados por fortes chuvas. Acompanhado dessas chuvas, os deslizamentos, enchentes...

Construção do poder popular nos conselhos de saúde de Mauá-SP

Nos dias 11 e 12 de novembro de 2021 aconteceram as eleições para o Conselho Gestor de Saúde na cidade de Mauá – ABC Paulista. O resultado das eleições foi vitorioso e foram eleitos uma conselheira e um suplente da Unidade Popular nos bairros Jd. Itapark e Kennedy, respectivamente. Construído por uma campanha popular e de massas com a participação dos moradores do bairro.

Reforma Administrativa quer desmantelar Serviço Público

Enquanto corta salários de servidores com a justificativa de conter gastos, Bolsonaro gastou R$3 bilhões com a compra de votos de deputados e senadores para suas pautas no Congresso e para a eleição de seus candidatos à Presidência da Câmara e comissões que investigam seus casos de corrupção.

Carta | “Estado e socialismo: uma contradição e um caminho”

O liberalismo falha diariamente, foi responsável pela escravidão, por genocídios, guerras e hoje recebemos a notícia que o governo ultraliberal de Jair Bolsonaro foi responsável pela morte de 2.286 pessoas em apenas um dia, isso porque um sistema baseado na individualização e na anarquia, jamais será capaz de prosperar.

“Mais uma batalha vencida na cidade de Mauá”

Certamente vivemos uma vitória, mas ao mesmo tempo ainda temos grandes batalhas a serem travadas. A luta mais urgente para nosso povo atualmente é a derrubada do governo Bolsonaro, a retirada do fascismo do poder e a defesa da democracia. Ao mesmo tempo precisamos lutar por um mundo verdadeiramente livre das explorações que nós trabalhadoras, trabalhadores, jovens, mulheres, negras e negros vivemos. Nosso povo somente se libertará quando construirmos o socialismo e para isso a organização do poder popular em cada bairro de Mauá crescerá. Não tenhamos dúvidas de que, nesse próximo período, virão fortes enfrentamentos. A UP está certa de que esses desafios encontrarão um povo disposto a lutar para construir um país e uma cidade dignos, sem a exploração dos trabalhadores a que hoje estamos submetidos.

Mulheres da UP foram as mais bem votadas em Mauá

Gabriela Torres foi a mulher mais bem votada para vereança, tendo inclusive mais votos do que 3 vereadores que de fato ocuparão as cadeiras. Injustamente, Gabriela não poderá exercer seu mandato como vereadora e a câmara municipal continuará sem mulheres ocupando o espaço de poder.

Servidores públicos denunciam condições de trabalho em Mauá

Que a gestão de Átila Jacomussi (PSB) à frente de Mauá foi um desastre completo já é um fato consumado mesmo antes do final de seu mandato. Os inúmeros escândalos envolvendo roubo de dinheiro público que levou a duas prisões do atual mandatário do cargo de prefeito, além de uma série de investigações em andamento, falam por si só. A corrupção endêmica e a incompetência administrativa espalham-se por todas as secretarias e, obviamente, pela câmara municipal, onde 22 dos 23 vereadores foi cúmplice de crimes e irregularidades do atual governo, demonstrando seu descaso absoluto com a classe trabalhadora mauaense.

Novidades