UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 2 de dezembro de 2022

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

A indústria pornográfica como extensão da prostituição

“Concepções errôneas são típicas de um feminismo liberal, que não passa de pequenas mudanças na educação e no trabalho, ainda dentro do capitalismo, e apenas mascara e encobre às crueldades que o sistema sujeita todos os dias às mulheres pobres, negras, indígenas e trans, por exemplo.”

Movimento de Mulheres Olga Benario realiza cursos de formação

Foi organizado um curso sobre a abolição da prostituição com a participação de Cleone Santos, sobrevivente da prostituição e organizadora da ONG Mulheres da Luz. Foi discutida a importância da luta pela abolição da prostituição e pelo fim da indústria pornográfica, que lucram milhões com a exploração dos corpos das mulheres, em sua grande maioria sem outras opções e excluídas do mercado de trabalho, o que as coloca em situação de risco e vulnerabilidade.

A idealização da prostituição no capitalismo

Reportagem anexada na edição 223 do jornal impresso, página 10.

Novidades