UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 15 de abril de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Por que devemos estudar a filosofia marxista?

Georges Politzer* O materialismo está intimamente ligado a uma filosofia e a um método: os do materialismo dialético. É, pois, indispensável estudar essa filosofia e...

A ideologia capitalista do “mundo Disney”

O mundo capitalista festeja o centenário da Walt Disney Company desde outubro de 2023. A verdade nua e crua é muito diferente desse conto...

A mais-valia e a exploração dos trabalhadores

Para facilitar a compreensão de conceitos fundamentais da teoria marxista, A Verdade publicará em suas próximas edições uma série de artigos sobre a Filosofia...

Movimento Negro Perifa Zumbi realiza estudo do livro “Sociologia do Negro Brasileiro”

Alexandre Verçosa, Rio de Janeiro TEORIA MARXISTA - O Movimento Negro Perifa Zumbi concluiu, no último dia 02,  o segundo ciclo de seu Grupo de...

Os desafios da educação revolucionária

Para não permitir que a consciência da classe trabalhadora se limite ao adquirido pela educação formal burguesa, a nossa organização deve se esforçar para que na mesma medida em que cresça a sua influência sobre as massas, cresça também o trabalho teórico entre seus membros. 

A atitude do partido da classe trabalhadora em relação à religião

Artigo publicado no jornal Proletary em 26 de maio de 1909, ou seja, antes da revolução russa. O artigo pode ser encontrado nas obras completas de Lênin, volume 15.

Lutar para ser realmente livre

“Contribuiremos enormemente para libertar milhões e milhões de homens e mulheres de seus vícios, se derrubarmos esse sistema injusto e desigual, que nos quer entorpecidos.”

200 anos de Friedrich Engels

“Engels deu uma contribuição própria à teoria do socialismo científico, que foi a de estender à natureza a concepção materialista da dialética, uma vez...

Princípios básicos do comunismo

“Princípios Básicos do Comunismo” é um projeto de programa da Liga dos Comunistas escrito por Friedrich Engels, em Paris, por decisão do Comitê Regional da Liga. Considerando-o como um projeto prévio. Em “Princípios Básicos do Comunismo”, Engels fundamentou teoricamente alguns dos princípios táticos e programáticos do partido proletário e apontou as medidas com as quais o proletariado, depois de ter conquistado o poder, prepararia a passagem do capitalismo ao socialismo. No 2º Congresso da Liga dos Comunistas (29 de novembro a 8 de dezembro de 1847), as opiniões de Marx e Engels foram inteiramente aprovadas. Ambos foram encarregados de elaborar o programa da Liga, que viria a se chamar de Manifesto do Partido Comunista. Na redação do Manifesto, os fundadores do marxismo utilizaram uma série de teses expostas nos “Princípios Básicos do Comunismo”.

Sobre os erros reformistas na luta camponesa

“O fim, porém, é orientar tanto os camponeses e a classe trabalhadora a lutar por mudanças estruturais, a promover uma ruptura revolucionária ao sistema capitalista.”

Como avançar nosso trabalho com as massas?

Temos certeza de que, seguindo as indicações de Lênin, daremos passos decisivos para aprofundar nossa ligação com as massas. Trata-se de um trabalho que exige amar o povo, ter abnegação e convicção na vitória da revolução, mas, sem dúvida, ao conseguimos êxito, ele tornará o nosso Partido Comunista Revolucionário forte e invencível.

Novidades