TwitterFacebookGoogle+

UP Ceará acreditando na força do povo

Nos últimos meses, a Unidade Popular (UP) tem registrado avanços importantes no Ceará. Em janeiro, foram coletadas mais de 5 mil assinaturas e 6.303 novas fichas foram cadastradas no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e entregues aos cartórios eleitorais para a conferência das assinaturas.

Todo esse trabalho com novas metas de coletas de assinaturas, inserção no sistema e entrega aos cartórios foi elaborado após reunião de planejamento da direção nacional da UP no início do ano, e debatido em encontros com a militância em Fortaleza e na região do Cariri, sul do Ceará. “A luta política foi o essencial para termos alcançado esses novos números, com a militância compreendendo que a UP é a resposta para os anseios da classe trabalhadora e dos oprimidos do Brasil diante desse cenário de retirada de direitos sociais e crescimento de ideias e posturas fascistas dos governos e de determinados setores da sociedade”, destaca Paula Virgínia, coordenadora estadual da UP.

Outro aspecto importante tem sido a aceitação, por parte da população, das ideias e propostas apresentadas, tanto nas coletas como em outros espaços em que a militância tem atuado na construção da UP. “Nossa presença nas universidades é muito bem recebida, com muita animação e expectativa, além de bons debates sobre a situação do país, e a importância da organização da nossa classe”, declara Levi Costa Rabelo, militante da UP na região do Cariri.

Vale destacar que nessa nova campanha da UP em 2018, a divisão do trabalho em equipes (coleta, sistema e lotes) foi decisiva para um maior envolvimento e conscientização dos militantes de que a tarefa de legalização de um novo partido de esquerda é coletiva. Ressalta-se, também, que o acompanhamento mais próximo por parte da direção nacional refletiu em novas posturas e responsabilidades perante a parcela de contribuição que cada estado deve dar para legalizarmos essa nova alternativa política.

No final de janeiro, a visita do presidente nacional da UP, Leonardo Péricles, foi importante para impulsionar a campanha e motivar a militância para o desafio histórico que estamos superando, participando de reunião com as equipes de coleta e sistema, brigada de assinaturas no centro da capital cearense e plenária aberta com militantes e apoiadores para debater a conjuntura nacional e encaminhar as lutas do povo brasileiro contra o governo Temer e suas reformas, reafirmando a construção do socialismo como uma saída para a crise política.

Nos próximos meses são esperadas duras batalhas para a militância da Unidade Popular. A recente intervenção federal do Exército no Rio de Janeiro, a mando de Temer e dos capitalistas donos dos bancos, latifúndios e indústrias, comprova que os golpistas estão dispostos a tudo e desesperados para manter seu domínio sobre o país e continuar a explorar diariamente os trabalhadores e saquear os cofres públicos.

Redação Ceará

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
13

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações