TwitterFacebookGoogle+

Friedrich Engels, Pilar do Socialismo Científico

Em 2020 será o bicentenário do nascimento de Friedrich Engels, sendo 2019 seu aniversário de 199 anos.

Guilherme Piva


Pintura: Reprodução/H. Schey

“Sobretudo depois dos grandes progressos alcançados neste século pelas ciências naturais, estamos em condições de prever e, portanto, de controlar cada vez melhor as remotas consequências naturais de nossos atos na produção, pelo menos dos mais correntes. E quanto mais isso seja uma realidade, mais os homens sentirão e compreenderão sua unidade com a natureza, e mais inconcebível será essa ideia absurda e antinatural da antítese entre o espírito e a matéria, o homem e a natureza, a alma e o corpo, ideia que começa a difundir-se pela Europa sobre a base da decadência da antiguidade clássica e que adquire seu máximo desenvolvimento no cristianismo.” 
– Friedrich Engels: O Papel do Trabalho na Transformação do Macaco em Homem.

Nessa data, em 1820, nascia no então reino da Prússia Friedrich Engels. Algumas das obras mais famosas de teoria marxista foram escritas por ele em conjunto com seu conterrâneo Karl Marx. Entretanto, há também uma série de obras assinadas somente por Engels, igualmente importantes. Suas contribuições vão desde a economia até as ciências naturais e a filosofia.

Uma característica marcante dos livros de Engels é sua escrita simples, o que torna os textos de fácil compreensão, sem perder a qualidade do conteúdo. Assim, suas obras se mostram muito boas para quem está iniciando seu contato com a teoria marxista-leninista. Em “Do Socialismo Utópico ao Socialismo Científico”, por exemplo, essa característica fica evidente: o autor consegue explicar conceitos complexos como a dialética de uma maneira acessível e didática.

Engels teve um papel fundamental na construção e consolidação do socialismo, combatendo com firmeza o oportunismo e o anarquismo, elaborando análises sobre a luta de classes, a sociedade e o Estado, e travando um embate contra correntes filosóficas idealistas. Cerca de dois séculos após seu nascimento, suas análises permanecem atuais e o estudo de suas obras segue sendo fundamental para a compreensão do marxismo.

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações