UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Demissão em massa arrasa vida de centenas de trabalhadores

No último dia 21, aproximadamente 300 trabalhadores da empresa Metrópole Construção e Serviços de Limpeza LTDA foram demitidos sumariamente. O motivo que a empresa alega é o fim do contrato de prestação de serviço com a Prefeitura de Belém.

Assim, todos os trabalhadores que atuam na varrição da cidade foram surpreendidos da noite pro dia com esta demissão sem qualquer tipo de explicação, demonstrando com isso que a força de trabalho dessas pessoas serve apenas como uma mera mercadoria nas mãos da empresa.

Compreendendo o papel de um sindicato atuante e preocupado com a vida dos trabalhadores, o SINDLIMP tem organizado diversas reuniões com a categoria, buscando resolver o impasse gerado no interior dessas famílias que dependem da renda de pais e mães de família que durante anos dedicaram suas vidas ao trabalho na limpeza urbana.

Para Elizeu Trigueiro, presidente do SINDLIMP, o primeiro passo a ser tomado nos próximos dias será a entrada de uma ação civil pública junto ao Ministério Público do Trabalho exigindo da empresa a reintegração desses trabalhadores. “Ainda podemos, no decorrer da mobilização junto à categoria, organizar um ato público para exigir da Prefeitura uma atitude firme que resguarde o direito ao emprego desses trabalhadores”, relatou o presidente do SINDLIMP.

Estas demissões ainda atingiram trabalhadores da CIPA; o que tem causado preocupação por parte do sindicato que vê nesta ação a possibilidade concreta de fechamento da empresa nos próximos meses. Desde já uma ação judicial está sendo viabilizada para que os bens da empresa sejam ajuizados para, caso se concretize a falência da empresa, que o pagamento dos direitos trabalhistas esteja garantido.

Redação Pará

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes