UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 3 de outubro de 2022

Paralisação no telemarketing: AeC trata trabalhadores com descaso

Paralisação AeCA empresa de call center AeC, instalada em Belo Horizonte, MG, encerrou seu contrato da central de atendimento 135 da Previdência Social no dia 21 de dezembro, após 2 anos de contrato, ação com a qual demonstrou a total falta de respeito com que trata seus trabalhadores.

A empresa confirmou o fim da operação com aproximadamente 25 dias de antecedência. A partir de então a AeC começou uma série de arbitrariedades. Coagiram os trabalhadores individualmente a assinar uma lista em sala fechada com coordenadores, onde foi informado a mudança para a operação de TV por assinatura SKY. Com isso, a escala de trabalho, que era 6 por 1 com folga aos domingos e em feriados nacionais, mudou para uma escala de 5 por 1 com uma folga no domingo por mês e trabalhando em todos os feriados nacionais. Além disso a lista não tem nenhum valor jurídico, sendo o objetivo da empresa simplesmente forçar os trabalhadores a se submeterem à sua vontade. Como se não bastasse, a AeC teve a coragem de dizer que os trabalhadores que não assinassem a lista estariam cometendo uma “fraude”. Houve ainda ameaças de transferência para operações de telefonia ou demissões (mas só se o operador pedisse conta), agindo com uma total falta de diálogo com os operadores.

Com tudo isso, no dia 21 de dezembro o sindicato da categoria – Sinttel-MG -, junto ao Movimento Luta de Classes (MLC) articularam uma paralisação em protesto a essa total falta de respeito. A paralisação contou com o apoio de 100% dos trabalhadores. Ninguém entrou para trabalhar mesmo com a reclamação dos gerentes da empresa. Por cerca de uma hora todos permaneceram na porta da AeC gritando palavras de ordem e lutando por seus direitos. Com a paralisação foi conquistado um bônus de 300 reais pago em duas vezes e um aumento real de 3% a todos trabalhadores.

Assim ficou clara a necessidade dos trabalhadores se organizarem para conquistarem seus direitos. Apenas com a mobilização e decisão de luta transformaremos nossa realidade, superando todas as dificuldades que um trabalhador do call center conhece muito bem.

Movimento Luta de Classes – MG

Outros Artigos

3 COMENTÁRIOS

  1. e o problema na AeC continua pq na operação da SKY tem atendente que nao está tendo as folgas combinadas( 5×1), tem gente trabalhando até 11 dias diretos para ter uma folga…aquilo lá tá uma falta de respeito total, cada dia pior

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes