UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 2 de julho de 2022

Sindipetro CE/PI é homenageado na Câmara Municipal de Fortaleza

sindipetroUma sessão solene na Câmara Municipal de Fortaleza celebrou os 40 anos do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria do Petróleo nos Estados do Ceará e Piauí (Sindipetro CE/PI). A homenagem, proposta pelo vereador Ronivaldo Maia (PT), evidenciou a luta dos trabalhadores na efetivação de seus direitos e na consolidação das atividades da Petrobrás no país.

Ronivaldo ressaltou a trajetória do Sindipetro na garantia de melhores condições de trabalho aos profissionais que integram a Petrobrás. O parlamentar destacou a luta contra a terceirização e a precarização da empresa, salientando seu papel na economia nacional, bem como dos trabalhadores no desenvolvimento de suas atividades. “Tenho orgulho de referenciar os 40 anos do Sindipetro, entidade presente na luta dos trabalhadores da Petrobrás e na defesa da instituição”, colocou.

A vida do Sindipetro está fortemente relacionado com a realidade política, social e econômica do país por se tratar de um trabalho que envolve um setor estratégico para a soberania nacional. O movimento sindical petroleiro e a história do Brasil se confundem, várias vezes, deixando claras as consequências desse diálogo em diversas situações durante todos esses anos.

Para o presidente da Sindipetro, Oriá Fernandes, o momento evidencia a trajetória dos sindicalistas na luta pelos direitos dos trabalhadores e no fortalecimento de uma empresa pública. O sindicalista ressaltou a importância da Petrobrás e de seus profissionais, destacando o empenho do Sindipetro nas lutas da categoria. Oriá Fernandes, em agradecimento à Câmara de Fortaleza, reforçou o compromisso do Sindicato com o bom desempenho das atividades na Petrobrás e a necessidade de apoio do Parlamento nas questões relacionadas à instituição e as lutas da categoria.

A solenidade contou com a presença do vereador Iraguassú Teixeira (PDT); do presidente da CUT Ceará, Francisco Gomes Sobrinho; do presidente do Centro Cultural Manoel Lisboa, Serley Leal; do coordenador Nacional do Movimento Luta de Classes, Gledson Santana; do coordenador do Movimento dos Atingidos por Barragens, Jackson Nobre; o diretor da Contracs, Domingos Braga Mota;

Fonte: site www.sindipetroce-pi.org.br

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes