UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 5 de julho de 2022

Professores da rede estadual de Pernambuco voltam à greve

assembleia2Após 24 dias de greve no mês passado, os professores da rede estadual de ensino de Pernambuco decidiram, em assembleia realizada na manhã deste dia 21, retornar à greve a partir de sexta-feira (29). A categoria exige o cumprimento da Lei do Piso Salarial, que garante reajuste de 13% a todos os profissionais da rede. O governo ofereceu esse reajuste apenas ao magistério, o que corresponde atualmente a apenas 10% da categoria.

A primeira greve realizada neste ano se encerrou no dia 05 de maio, após o governador Paulo Câmara garantir que iria reabrir as negociações e ouvir a categoria, que mantinha a paralisação mesmo após a Justiça ter decretado o movimento ilegal.

A assembleia contou com a participação de cerca de 2.500 professores, além de estudantes que foram apoiar o movimento. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), o governo propôs um reajuste inicial de 0,89% para o mês de abril e 2% a cada trimestre de 2015, totalizando cerca de 7%. O sindicato planeja um ato em frente à Assembleia Legislativa no dia 29, onde os professores se reunirão para definir os rumos da greve.

Redação PE

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes