UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 2 de dezembro de 2022

Estudantes vão às ruas contra o aumento da passagem em Campina Grande

foto aumento CG 2No último dia 17, cerca de 200 estudantes organizados por diversos coletivos de movimento estudantil e social de Campina Grande (PB) ocuparam as ruas da cidade e a reunião do conselho de transportes que pretendia aumentar o valor da tarifa de ônibus de R$ 2,30 para R$ 2,70. Em menos de um ano, este pode ser o terceiro aumento da passagem.

A passeata que saiu da Praça da Bandeira, seguiu até a Superintendência de Transportes, onde acontecia a reunião do conselho. Os estudantes ocuparam a sala de reuniões, realizando a denúncia de mais um aumento absurdo que aquele conselho estava para aprovar. A polícia foi acionada e não hesitou em utilizar spray de pimenta para expulsar os estudantes, que, em geral, tinham de 14 a 16 anos de idade. Várias pessoas passaram mal e foram ameaçados por funcionários da STTP. O conselho só esperou os estudantes saírem do local e encaminharam ao prefeito Romero Rodrigues (PSDB) uma proposta de aumento para R$ 2,65.

Com a situação econômica do país, um terceiro aumento ,em menos de um ano, só gera ainda mais indignação no povo campinense. Além do congelamento da passagem, levantamos a pauta do passe-livre, que, em 2013, foi estourou no Brasil nas jornadas de junho, mas que, até hoje, não foi efetivamente implantado.

Seguimos fortes!

Edísio Leite, UJR

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes