UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 2 de dezembro de 2022

Torcedores Alemães se mobilizam para apoiar refugiados

Refugees WelcomePelo menos no futebol alemão torcedores vêm reagido à crise dos refugiados que atinge a Europa da melhor maneira possível. Ao invés do medo, da xenofobia ou do pânico propagado diariamente pela mídia tradicioal européia, os torcedores de quase todos os clubes da primeira divisão alemã demostram que esse não é o caminho correto. Na última rodada várias manifestações de solidariedade foram vistas nas arquibancadas, e os torcedores mais ativos pressionaram os seus respectivos clubes para também tomarem uma posição sobre o assunto.

O Borussia Dortmund através da inciativa torcedora ‘angekommen in Dortmund’ (Chegando a Dortmund) convidou 220 refugiados para assistirem gratuitamente a um jogo no legendário Westfalenstadion.

No norte da Alemanha, o Hannover 96 convidou dois refugiados para jogarem pelo time de juniores na divisão regional, além de doar camisas e equipamentos para a abertura de uma escolinha de futebol para os recém chegados ao país.

Na Baviera, o Bayern de Munique anunciou que doará 1 milhão de euros como ajuda humanitária e desenvolverá um acampamento de treinamento especial para os refugiados que estão chegando à Alemanha.

Em Gelsenkirchen, o  Shalke 04 convidou 100 refugiados para o seu primeiro jogo na temporada e os torcedores criaram a iniciativa “caixa do amigo”, onde roupas e brinquedos podem ser doados aos refugiados. O clube também produziu o vídeo ‘Steht auf’ (Levante-se)  com o ídolo Gerald Asamoah sobre a importância da solidariedade com os refugiados e da Luta contra o racismo nas arquibancadas e na sociedade.

Os torcedores criaram assim um efeito cascata que se espalhou por vários clubes alemães. O Werder Bremen lançou o projeto “Continue com a bola” para ajudar os refugiados na região. O Hamburgo e Borussia Mönchengladbach também lançaram projetos similares.

Em quase todas as arquibancadas, torcedores levantaram faixas e bandeiras com as palavras “Refugees Welcome” (Refugiados, sejam bem-vindos) . Nas próximas rodadas, várias coreografias e mosaicos em solidariedade com os refugidos já estão sendo preparadas por torcedores de vários clubes.

Apesar dos horrores dessa crise humanitária causada pela própria intervenção imperialista em vários países do oriente médio, essas belas reações dos torcedores provam que uma outra Europa é possível; uma Europa da Humanidade e da Solidadriedade, ao invés da velha Europa da xenofobia, das fronteiras fechadas e do medo. Refugiados, sejam bem-vindos!!

Fred Elesbao, é economista, torcedor do Hannover 96 e membro da Football Supporters Europe.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes