UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 6 de outubro de 2022

Entidades de Pernambuco lembram o 26 de julho

Edival Cajá, presidente do Centro Cultural Manoel Lisboa, dá as boas-vindas ao público

Neste dia 26 de julho, completaram-se 64 anos do assalto ao Quartel Moncada, quando Fidel Castro e 165 homens tentam tomar o quartel para armar a população e derrubar o governo de Fulgencio Batista. A tentativa, fracassada, é considerada como o primeiro passo para a vitoriosa revolução cubana de 1959, que instaurou o governo socialista na ilha.

Para comemorar o dia e manter acesa a chama da luta pelo comunismo em todo o mundo, vários países celebram o 26 de julho. Em Recife, o Centro Cultural Manoel Lisboa sediou o evento, que contou com a participação de dezenas de pessoas. Foram exibidos vídeos de depoimentos de Fidel Castro e Che Guevara, além de música cubana e revolucionária, e falas cheias de emoção dos presentes sobre os ensinamentos e o exemplo que Cuba deixa até hoje para os povos da América Latina e do mundo.

Estiveram presentes, entre outras entidades, a Cátedra José Martí, o Movimento Luta de Classes, o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas, o Movimento de Mulheres Olga Benario, a Unidade Popular pelo Socialismo, a União da Juventude Rebelião, a Central dos Movimentos Populares, a União dos Estudantes Secundaristas do Estado de Pernambuco, a União dos Estudantes de Pernambuco, o Sindicato dos Músicos do Estado de Pernambuco, o Sindicato dos Operadores de Telemarketing de Pernambuco, o Sindicato de Calçados de Carpina e região.

Rodrigo Constantino, da Cátedra José Martí
Eduardo Matos, Sindicato dos Músicos de Pernambuco

Redação Pernambuco.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes