UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Estudantes homenageiam Emmanuel Bezerra

Reportagem anexada na edição 223 do jornal impresso, página 07.

Redação


Foto: Jornal A Verdade

RIO GRANDE DO NORTE – No último dia 1º de novembro, foi realizado o 9° Congresso da União dos Estudantes Secundaristas Potiguares (Uesp), em Natal, no auditório do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) – Campus Natal-Central. 

Com a presença de mais de 160 estudantes de escolas municipais, estaduais e do IFRN, este foi o maior congresso da Uesp, sendo um espaço de amplos debates sobre a precarização das escolas, além das discussões sobre a atual conjuntura do país e a necessidade de os estudantes se organizarem contra os ataques sofridos no governo do fascista Jair Bolsonaro.

Na mesa de abertura tivemos as saudações de Alex Feitosa, da Unidade Popular e do MLB; Inaê Naiara, do Movimento de Mulheres Olga Benario; André Nobre, do Sinasefe; José Arnóbio, diretor-geral do campus que recebeu o evento; Marina, do Grêmio Estudantil Djalma Maranhão; Adriane Nunes, do Movimento Todas as Vozes do IFRN; Mateus Freitas, da União da Juventude Rebelião; e Marcos Alexandre, da Federação Nacional dos Estudantes em Ensino Técnico.

Os estudantes lembraram no congresso a história de luta do movimento estudantil, principalmente a luta de Emmanuel Bezerra dos Santos, estudante potiguar morto durante a ditadura militar por defender um país mais justo. 

O congresso foi marcado por uma longa agitação dos estudantes, que, a todo momento, puxavam palavras de ordem, em defesa dos direitos da juventude e deixando um recado bem claro de resistência ao Governo Bolsonaro. 

Em seguida, ocorreu uma plenária sobre a União da Juventude Rebelião, com a participação de dezenas de estudantes que estavam no congresso. A plenária expôs a emergência em aumentar ainda mais a organização dos estudantes, não somente em defesa da educação, mas também na defesa de uma sociedade mais justa, onde o lucro dos ricos não aumente a cada ano e o povo deixe de passar fome.

Na plenária final, foram apresentadas as propostas, assim como um balanço das lutas que a entidade construiu nos últimos anos, incluindo a grande participação dos tsunamis da educação em 2019. Também foi apresentada a chapa “Rebele-se pela Educação”, composta por estudantes de diversas escolas que estiverem presentes nas últimas lutas em defesa da educação e dos direitos da juventude. Esta chapa foi eleita por unanimidade, tendo na presidência Matheus Araújo, do IFRN Central, e na vice-presidência Sammara Beatriz, do Floca, tendo na sua defesa pontuado a construção de uma Uesp mais interiorizada e que tenha como prioridade a luta pelo passe-livre estudantil e contra o governo Bolsonaro. 

O 9° Congresso demostrou que a juventude potiguar segue o exemplo do companheiro Emmanuel Bezerra, que continua na luta contra a retirada dos direitos da juventude e contra o fascismo.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes