TwitterFacebook

Matérias de: 23 de março de 2020

Bolsonaro muda MP, mas patrão ainda pode cortar salário

Depois da má repercussão no país e a avalanche de repúdio por parte das pessoas nas redes sociais, Bolsonaro ficou com medo de ficar ainda mais isolado e decidiu revogar um dos artigos da MP 927/20. No entanto, o resto da Medida Provisória continua em vigor. E além de destruir outros direitos como as férias e os feriados, ela ainda permite que o patrão pode cortar os salários.…

Leia mais

Trabalhadores do Telemarketing se reorganizam após greve

Por João Coelho, Victória Magalhães e Adriano Tomé. Após dois dias de greve na empresa ATENTO de São Bernardo, que conquistou o afastamento do trabalho de trabalhadores do grupo de risco de contaminação pelo COVID-19 e que levou à interdição do prédio da empresa pela Vigilância Sanitária na última sexta-feira, 20/03, os trabalhadores da empresa,…

Leia mais

Bolsonaro autoriza empresas a cortarem salários por 4 meses

No lugar de taxar os lucros e grandes fortunas da minoria de super-ricos (1% da população) para, assim, ter mais recursos para disponibilizar leitos nos hospitais, testes contra o vírus e equipamentos de proteção para a população e profissionais de saúde, Bolsonaro e Paulo Guedes querem tirar a única fonte de renda de milhões de trabalhadores brasileiros, o salário.…

Leia mais

A COVID-19 e o futuro que se aproxima

Evidentemente é indispensável cuidar das vidas dos militantes e da vida de terceiros, acontece que não se fará isso como a burguesia quer, se isolando e não tomando consciência da realidade em que vivemos. O povo morrerá nas favelas e nas filas dos hospitais e é preciso lutar pela vida e pelos direitos. Isolamento sem abrir milhares de leitos, sem dar alimentos, medicamentos, promover socorro aos mais pobres, não passa de uma blindagem para os mais ricos, que ficarão confortáveis com grandes estoques e lucrando com a exploração da mais valia dos trabalhadores.…

Leia mais

Trabalhadora doméstica leva tiro em Mauá

Durante a última terça-feira (10), um homem atirou contra a ex-companheira e seu filho de 18 anos, na cidade de Mauá. A alegação do agressor seria a descoberta de uma tatuagem feita pela trabalhadora doméstica, perseguida por ele há quatro meses, desde a separação. O acusado está foragido. De acordo com o procurado, o crime…

Leia mais

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações