UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 3 de outubro de 2022

MLB realiza panelaço contra Bolsonaro nas periferias

Foto: MLB
PANELAÇO. Moradores da ocupação Selma Bandeira, em Jaboatão dos Guararapes (PE), pedem Fora Bolsonaro! (Foto: MLB)

Isabella Alho
Coordenação do MLB em São Paulo

Pontualmente às 20h do dia 21 de abril, em 13 estados do país, se ouvia panelas batendo nas periferias, comunidades e favelas junto com as palavras de ordem “Fora Bolsonaro”, “Pelo poder popular”, “Em defesa do SUS”. O panelaço foi organizado pelo Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) e exigiu o congelamento dos aluguéis, fim da fome e da carestia, a suspensão de todos os despejos e das prestações do Minha Casa Minha Vida para a faixa 1 e luz e água de graça para o povo pobre.

O panelaço é a resposta do povo à intensa miséria que o governo Bolsonaro tem submetido os trabalhadores brasileiros. Ao contrário do que pensam alguns setores, o panelaço é uma manifestação do povo em oposição aos governos de direita. À exemplo da ditadura de Getúlio Vargas nos anos 1940 e da ditadura militar dos anos 196485, onde milhares de mulheres das comunidades e periferias saiam às ruas com suas panelas contra a fome e a carestia causadas pelos governos que colocam o lucro acima da vida.

Também é assim hoje, sem saneamento, sem acesso à internet, sem alimentação básica, o povo não vê no governo Bolsonaro a possibilidade de solucionar a crise do coronavírus. Ao contrário, Bolsonaro só aprofunda a crise, o desemprego e a carestia. São inúmeras famílias nas ruas, hospitais sem equipamentos de proteção e enterros acontecendo sem dignidade às famílias em luto. Mesmo com 4 trilhões de reais em caixa para resolver o problema da população mais pobre, o governo Bolsonaro optou por oferecer 1 trilhão aos bancos e apenas R$600,00 para os trabalhadores.

Por isso, esse governo fascista, que coloca o lucro acima da vida, precisa ser derrubado. O sistema capitalista que explora os trabalhadores e trabalhadoras e enriquece os bancos precisa ser substituído por um governo do povo, que projeta seus idosos e suas crianças das pandemias e do imperialismo. Só num governo socialista a vida do seu povo está acima da economia e a solidariedade está acima do lucro dos patrões.

Confira os panelaços nas periferias:

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes