UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 7 de julho de 2022

Unidade Popular promove cursos de formação à distância no Rio

FORMAÇÃO E BRIGADAS – Enquanto a Unidade Popular promoveu cursos, os demais movimentos populares, como o Movimento Luta de Classes, promoveu as brigadas de solidariedade. (Foto: Jornal A Verdade)
Redação RJ
Jornal A Verdade

RIO DE JANEIRO – A quarentena e as medidas de isolamento de combate ao coronavírus levaram muitas pessoas a ficarem em casa e mudarem sua rotina, em que pese todos os esforços contrários do governo Bolsonaro.

Nesse tempo, ficou difícil fazer reuniões, panfletagens ou manifestações. Mesmo as brigadas do jornal A Verdade, antes tão participativas, tiveram que ser readequadas à nova realidade, acontecendo principalmente em conjunto com as ações da Rede Solidária do MLB.

Sabemos que tudo isso uma hora vai passar, e centenas de companheiros e companheiras aguardam ansiosos o momento para reocupar as ruas, praças, bairros, trens, empresas, escolas e universidades, desta vez com ânimo redobrado para derrubar esse governo fascista dos banqueiros.

Mas, até lá, precisamos aproveitar todo o tempo que temos para manter firme nossas convicções, saúde e disposição física e ideológica para as duras batalhas que nos aguardam. Pensando nisso, a Unidade Popular pelo Socialismo (UP) no Rio de Janeiro está organizando desde março cursos de formação online para a militância durante a quarentena. O objetivo é manter companheiros e companheiras ativos e envolvidos organicamente com o partido, mesmo à distância.

O curso funciona com seis turmas semanais (Centro/Zona Sul, Zona Oeste, Zona Norte, Tijuca, Baixada e Região dos Lagos), envolvendo mais de cem pessoas. Cada turma se “encontra” uma vez por semana por meio de um aplicativo de teleconferência para estudar a sequência didática estabelecida. Dias antes das aulas, todos recebem o material a ser estudado e devem lê-lo.  “Essa foi uma maneira que encontramos de manter o contato com a militância e, ao mesmo tempo, estimular nossos companheiros e companheiras a estudarem o marxismo e aprofundarem a formação durante a quarentena”, explicou Esteban Crescente, presidente da UP-RJ. 

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes