TwitterFacebook

O direito à água e ao esgoto nas ocupações

MANIFESTAÇÃO – Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) organiza manifestação pelo direito à água durante a pandemia do Covid-19. (Foto: Reprodução/Jornal A Verdade)

Thales Viote

BELO HORIZONTE (MG) – O Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) ocupou, no último dia 19 de agosto, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) exigindo o atendimento das pautas do Despejo Zero durante a pandemia e cobrando a regularização dos serviços de água e esgoto nas comunidades de Belo Horizonte.

Durante a pandemia de Covid-19, que ainda está com alto índice de contaminações e mortes, em que o cenário político, econômico e social em Minas Gerais é de total descaso e demagogia dos poderes públicos com a população pobre, com uma política genocida por parte do governador fascista Romeu Zema (Novo), e do prefeito demagogo Alexandre Kalil (PSD), ambos, que têm feito muito pouco para promover o isolamento social da população mais pobre e desassistida, impedindo que várias comunidades tenham acesso à regularização dos serviços públicos de água potável e esgoto sanitário em vários bairros pobres da capital e de outras regiões.

Como é o caso das diversas ocupações urbanas do MLB, já que várias correm risco de despejo e sofrem diariamente com a falta de água para as famílias, que, além de jogadas à necessidade de saírem de casa para trabalhar e não morrer de fome e correrem risco de pegar Covid-19, sequer podem higienizar para prevenir a famigerada doença.

Por essa razão, o MLB ocupou a Assembleia Legislativa para cobrar do presidente do Legislativo mineiro (deputado Agostinho Patrus – PV) para tratar da pauta do Despejo Zero, campanha lançada nacionalmente e que conta com a participação do MLB, que visa a conseguir das autoridades a suspensão dos despejos durante a pandemia da Covid-19, bem como a regularização das ocupações e a instalação dos serviços básicos garantidos na Constituição. Na mesma ocasião, famílias organizadas pelo MLB também ocuparam a Copsada para exigir o fornecimento de água para as diversas comunidades e bairros de periferia.

Com muita combatividade e rebeldia, as centenas de famílias ocuparam os espaços públicos ao longo do dia e conseguiram importantes vitórias, como serem recebidas por um grupo de deputados estaduais para dialogar com o presidente da ALMG, bem como a ligação imediata de água na Ocupação Paulo Freire e reunião com a Copasa, Prefeitura de Belo Horizonte e Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel) e tratar da ligação de água nas demais comunidades.

Mais uma vez, o movimento mostrou a importância das lutas organizadas para conquistar direitos. A necessidade de garantir os serviços essenciais básicos para a defesa da vida também é a defesa da saúde da população.

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações