TwitterFacebook

Cantadores de viola repudiam declarações de ex-senador

Festival de Violeiros do Nordeste

NOTA DAS ASSOCIAÇÕES DOS CANTADORES DE VIOLA DO NORDESTE

No dia 05 de outubro de 2021, o portal Brasil 247 publicou matéria em que expõe as divergências políticas entre o ex-presidente do senado Eunício Oliveira e Ciro Gomes. Até aí, zero de novidade. O que chamou atenção e causou estranheza foi a comparação negativa que o ex-senador usou para desqualificar seu conterrâneo Ciro Gomes ao declarar: “Ciro é um poeta do mal e cantador de viola”.

Essa declaração grosseria atingiu em cheio os poetas e, em particular, a categoria dos poetas repentistas ou cantadores de viola, presente em maior número no Nordeste, e com artistas espalhados pelo país, formada por cidadãos dignos, trabalhadores da cultura, que encararam a notícia com indignação diante do desconforto provocado pelas palavras do político cearense.

As associações representantes dos cantadores de viola do Nordeste e do Brasil classificam tal declaração como tratamento pejorativo, preconceituoso, discriminatório, desrespeitoso e inaceitável. Somos agentes promotores de uma manifestação da cultura popular que existe e resiste há quase dois séculos. No ano de 2010, a profissão foi, inclusive, regulamentada e está às vésperas de conquistar o registro de patrimônio imaterial junto ao IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), e que é reconhecida e estudada dentro e fora do território brasileiro.

É em nome dessa história, em defesa desses profissionais, nossos associados, pela honra da comunidade da poesia popular nordestina, na posição de responsáveis por nossa classe e mediante decisão tomada conjuntamente, que trazemos ao conhecimento da sociedade brasileira, por meio desta nota, a nossa insatisfação e o nosso repúdio aos termos pronunciados pelo senhor Eunício Oliveira.

As associações dos cantadores de viola.

Antonio de Lisboa Filho – Vice-presidente em exercício da APA – Associação dos Poetas Artistas Populares do Nordeste – Camaragibe-PE

Antônio Costa Teixeira – Presidente da PREPOP – Parnaso Recreativo da Poética Popular – Guarabira-PB.

José Joaquim Veloso – Presidente da APREF – Associação de Poetas Repentistas e Escritores de Francisco Santos e Macrorregião-PI.

Marcos Teixeira – Presidente da AEPP – Associação dos Poetas Populares do Rio grande do Norte – Natal-RN

Amaro Rodrigues do Nascimento – Coordenador da Guardiões da Cantoria – Paulista-PE

Josival Alves da Silva – Presidente da APRAOR – Associação de Poetas Repentistas do Alto Oeste Riograndense – Pau dos Ferros-RN

Adeilto Alcântara de Oliveira – Presidente da ACPRDAM – Associação Cultural dos Poetas Repentistas e Declamadores do Agreste Meridional Garanhuns-PE

Maria Eleni de Lima – Presidenta da CCOP – Casa do Cantador do Oeste Potiguar – Mossoró-RN

Antônio Aldeci Bessa de Assis – Presidente da ARVJ – Associação dos Repentistas do Vale do Jaguaribe – Limoeiro do Norte-CE

Erasmo Ferreira – Presidente da ARPN – Associação de Repentistas e Poetas Nordestinos – Campina Grande-PB

Joaquim Sales – Presidente da APOAB – Associação de Poetas de Água Branca – Água Branca-PB

Assis Firmino da Silva – Presidente do CCPMX – Centro Cultura Poeta Manoel Xudu – Mari-PB

José Moreira dos Santos – Presidente da ASPERB – Associação de poetas, Escritores e repentistas de Bayeux – Bayeux-PB

A Diretoria da ACREPCANE – Associação dos Cantadores Repentistas, Escritores, Poetas, Compositores e Apologistas do Nordeste – Lavras da Mangabeira-CE

Recife, 07 de outubro de 2021

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações

%d blogueiros gostam disto: