TwitterFacebook

Unidade Popular realiza seus Congressos no Pará

BELÉM – No dia 23 de outubro, a Unidade Popular realizou o 2º Congresso Estadual do Pará e o 1º Congresso Municipal de Belém, de forma simultânea. Estiveram presentes filiados e filiadas de vários municípios do estado, dentre eles, Castanhal, Moju, Marabá, Limoeiro do Ajuru, além da região metropolitana, formada por Belém, Ananindeua e Marituba. Trazendo como tema “Povo nas Ruas, UP nas Lutas”.

A mesa de abertura, pela manhã, contou com as presenças e saudações dos seguintes convidados: Ulisses Borges, do Partido Comunista Brasileiro (PCB); Paulo Roberto, do Movimento Cabano em Apoio às Lutas pela Autodeterminação dos Povos (MOCAP); Leila Palheta, presidenta municipal do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL); Adolfo Neto, presidente estadual do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL); Jean Brito, representando o mandato da deputada estadual Marinor Brito; Dalton Beltrão, presidente do Sindicato dos Portuários – Sindiporto PA/AP; Pedro Bloss, do Sindicato dos Urbanitários do Pará; Carlos Edisio, da União da Juventude Rebelião (UJR); Luana Souza, do Movimento de Mulheres Olga Benario; Dara Neto, do Movimento de Luta no Bairros, Vilas e Favelas (MLB). As falas destacaram e parabenizaram o papel fundamental da UP, como um importante instrumento de luta diante da atual conjuntura em que vivemos.

Posteriormente, iniciou-se a mesa de conjuntura, contando com a exposição de Raquel Bricio, Presidenta Estadual da UP – Pará, apontando, como tarefa central do partido, o fortalecimento da luta e resistência popular, diante do aumento da fome, do desemprego, inflação e genocídio imposto pelas políticas liberais do Governo de Bolsonaro.

Pela parte da tarde, tivemos o segundo momento do congresso, o qual foi reservado aos grupos de trabalho (GTs) de organização (nucleação e crescimento) e agitação política e finanças partidárias, onde foram feitas discussões sobre a importância dos núcleos como os elementos que ligam o Partido as lutas locais, além de serem os locais em que a formação política revolucionária, o estudo do socialismo científico se faz presente; assim como, a necessidade de casar o trabalho prático com uma ampla agitação política das atividades, do programa e das denúncias que convocam a população local a se organizar; foi debatido ainda a política de auto sustentação e que a libertação do povo virá pelos próprios esforços. Os debates tiraram, propostas dentro das temáticas apresentadas para serem colocadas em prática no próximo período.

Ao final do congresso, foram eleitos os novos membros para os Diretórios Estadual e Municipal de Belém, que terão a tarefa de avançar o trabalho político da UP no estado, consolidando os núcleos da capital e dos interiores, avançando cada vez mais no crescimento e na organização das lutas populares. Além disso, elegeu-se a delegação que representará o Pará no II Congresso Nacional da Unidade Popular, em São Paulo, nos dias 12, 13 e 14 de Novembro.

Viva a Unidade Popular! Viva ao Poder Popular! Rumo ao II Congresso Nacional da UP!

Maxson Almeida e Belle Leite, presidente e vice-presidente da Unidade Popular em Belém (PA)

Ins

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações

%d blogueiros gostam disto: