UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 9 de agosto de 2022

UP participa do II Encontro Anti-imperialista e de Solidariedade à Revolução Bolivariana

Militância da UP marcou presença em solidariedade ao povo venezuelano. Imagem: Jornal A Verdade

Gabriel Fernandes

A UP esteve presente, nos dias 03 e 04/12, no II Encontro Anti-imperialista e de Solidariedade a Revolução Bolivariana, organizado pelo Comitê Anti-imperialista Abreu e Lima, em meio às recentes eleições na América Latina, o sequestro do diplomata venezuelano Alex Saab, preso, extraditado e torturado nos Estados Unidos por mais de 450 dias, e à resistência dos países em nome da autodeterminação de seus povos. 

O encontro, na Capital Federal, ocorreu primeiramente na UnB e, em seguida, na Feira do Ponto Norte, onde, além de vários partidos e movimentos presentes, contamos com a presença das embaixadas de Cuba e Bolívia, da Associação de Amizade com a Coreia, da Associação de Amizade e Solidariedade ao Povo do Saara Ocidental e outras organizações representativas de países Anti-Imperialistas. 

O debate se desenvolveu principalmente no âmbito da necessidade de comunidades de Solidariedade Internacional para apoiar as nações que são tão atacadas e, principalmente, na organização de mais atos para provocar o espírito de amizade entre os povos.

O representante da Unidade Popular, Gabriel, destacou em sua fala que a comunidade de interesses dos proletários de todos os países é a principal base da luta pela emancipação popular. 

“Não somente a burguesia de nosso país é nossa inimiga, mas também a de outros países. Afinal, tão como a Venezuela sofre ataques de Guaidó, também sofre dos EUA, da Inglaterra, da Colômbia. Bolsonaro bateu palmas para o golpe na Bolívia em 2019. A ditadura de 64 foi fortemente financiada pelos EUA. A Coreia do Norte resiste há mais de 70 anos contra os Chaebols Sul Coreanos, contra os EUA, Inglaterra e etc. Por essa razão, como Marx e Engels, devemos declarar: Proletários de todos o mundo, uni-vos.”, pontuou.

Por fim, o evento foi marcado por uma grande confraternização entre os participantes, em que de imediato, o resultado obtido foi de uma grande exemplo de Internacionalismo Proletário, de Solidariedade Internacional e do desejo de resistir e avançar contra a ameaça Imperialista, Neoliberal e Fascista. 

Encontro reforçou importância da unidade entre os povos. Imagem: JAV

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes