UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Movimento Olga Benário organiza Centro de Referência da Mulher em Recife

Movimento Olga Benário
Movimento Olga Benário organiza Centro de Referência da Mulher em Recife – PE (Foto: Melissa Fernandes)

Reforçamos a solidariedade entre as mais de 50 mulheres do Movimento Olga Benário que ocuparam o casarão localizado na Av. Conselheiro Rosa e Silva, nº 720, Graças, Recife – PE. 

Redação Recife


Na manhã do Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, oito de Março, Recife-PE amanhece em festa com o renascimento de uma mulher vítima do feminicídio: a criação do Centro de Referência da Mulher que faz uma justa homenagem à Soledad Barrett.

Soledad, nascida no Paraguai, mas de coração brasileiro e principalmente internacionalista, lutou bravamente contra a ditadura militar fascista no Brasil, militante comunista organizada pela Vanguarda Popular Revolucionária (VPR). Em 1973, Soledad foi assassinada nos arredores do Recife (PE), num episódio conhecido como o Massacre da Chácara São Bento, ao ser entregue por seu marido para as forças de repressão.

Segundo a coordenadora do Centro de Referência, Camila Roque: o objetivo do Centro é não só dá encaminhamento, assistência jurídica e psicológica às mulheres em situação de violência, mas também, acolher e ajudar no processo longo e doloroso de libertação da mulher, principalmente a mulher trabalhadora que são as que mais sofrem violências. O Centro é um espaço de acolhimento, luta e organização das mulheres em defesa das nossas vidas e na luta por uma sociedade livre de exploração, na construção de uma sociedade socialista, completa Camila.

Destacamos que o Brasil é o 5º País que mais mata mulheres pelo simples fato de serem mulheres, sendo Pernambuco o 2º Estado que mais violenta e mata mulheres. Com poucos mecanismos de acolhimento e assistências às mulheres, ações como esta, idealizada pelo Movimento de Mulheres Olga Benário, deixa nítido, primeiro que os governos pouco fazem para salvas nossas vidas. Segundo que enquanto mulheres organizadas, conseguimos ser Poder e salvas nossas vidas e de nossos filhos e filhas. Acrescenta Guita Marli, também coordenadora do Centro de Referência.

Por fim, reforçamos a marcante solidariedade entre as mais de 50 mulheres que ocuparam o casarão localizado na  Av. Conselheiro Rosa e Silva, nº 720, Graças, Recife – PE. As ocupantes solicitam doações e já informam que o espaço que há anos estava sem utilidade, já passa a atender mulheres e receber visitas da população.

 

“Mãe, não sofras se não volto

me encontrarás em cada moça do povo deste povo,

daquele, daquele outro do mais próximo, do mais longínquo talvez cruze os mares,

as montanhas os cárceres, os céus mas, Mãe, eu te asseguro,

que, sim, me encontrarás!”

 

O último poema de Soledad Barret Viedma, composto e endereçado para sua mãe numa forma de despedida.

Junte-se a nós nessa luta! Compartilhe, divulgue e fortaleça o trabalho das mulheres!

https://www.instagram.com/p/Ca1aKonO1J7/?utm_medium=share_sheet

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes