UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 15 de agosto de 2022

No Rio, convenção da UP aprova candidaturas ao governo, Senado e ALERJ

Unidade Popular confirma candidaturas de Juliete Pantoja para governadora e Raul Bittencourt para o Senado. Partido no Rio reafirmou compromisso com a campanha presidencial de Léo Péricles. Veja quem são as candidaturas da UP no estado do Rio.

Felipe Annunziata | Redação Rio


BRASIL – Na noite desta segunda (27), de forma virtual, o partido Unidade Popular (UP) realizou sua convenção estadual. Reunindo mais de 100 filiados, o partido referendou as pré-candidaturas para o governo estadual, Senado Federal e Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ).

O partido aprovou o nome da educadora popular Juliete Pantoja para governadora e da estudante universitária Juliana Alves para vice-governadora. Para o Senado o partido indicou o nome do servidor do INPI Raul Bittencourt. 

Para Juliete, as principais lutas que devem ser travadas nessas eleições são “o combate ao desemprego e a fome no Rio de Janeiro. Para isso, apresentamos propostas como a criação de frentes emergenciais de trabalho para grandes obras de infraestrutura. Também precisamos realizar concursos públicos para superar a defasagem nos quadros de servidores da área da educação e saúde.”

Além das candidaturas majoritárias, o partido aprovou também uma nominata com 3 candidatos a deputado estadual. Concorrerão a uma vaga no legislativo fluminense os estudantes Giovanna Almeida, Gabriel GB e Chantal Campello. 

A Unidade Popular é o mais novo partido criado no Brasil, tendo sido registrado no TSE em 2019. Em 2022, o partido concorre pela primeira vez nas eleições gerais. Além da chapa majoritária no Rio, neste domingo (24), em convenção nacional realizada em Natal, a UP aprovou as candidaturas de Leonardo Péricles e Samara Martins a presidente e vice-presidente, respectivamente.

“Nós queremos nos somar a luta nacional do nosso partido. Aqui no nosso estado isso é importantíssimo. Então faremos também a campanha dos nossos companheiros Leonardo Péricles e Samara Martins no sentido de combater o fascismo e garantir a apresentação de um programa socialista no país”, afirmou Juliete.

Conheça os candidatos da Unidade Popular no Rio de Janeiro

Juliete Pantoja e Juliana Alves, candidatas a governadora e vice pela UP. Foto: UPRJ

Juliete Pantoja – candidata a governadora

Juliete Pantoja, 32 anos, mãe, é ativista política desde os 15 anos, tendo atuado na Associação dos Estudantes Secundaristas do Rio de Janeiro – AERJ, na Baixada Fluminense.Hoje é educadora popular e está licenciada da Coordenação Nacional do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas – MLB, onde atua pela reforma urbana e pelo Socialismo.

Desde de muito jovem participa das lutas populares e das mulheres. Acredita na construção da política com participação popular e tem na garantia de trabalho, teto e comida para todos, suas principais bandeiras nessas eleições. É vice-presidente estadual da Unidade Popular.

Juliana Alves, candidata a vice-governadora

Juliana Alves, 30 anos, estudante de arquitetura da UFF e moradora do Morro do Vital Brazil em  Niterói. Milita no Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas e já foi presidente da Associação dos Estudantes Secundaristas do Estado do Rio (AERJ) e Coordenadora Geral do DCE da UFF. Presidente do diretório da UP de Niterói e membra do diretório estadual da UP, Juliana participa do partido desde sua fundação, em 2014. Junto com Juliete, conformará a primeira chapa totalmente feminina para o governo estadual desde as eleições de 2014. Juliana também foi candidata a vereadora de Niterói pela UP, em 2020.

Raul Bittencourt, candidato ao Senado pela UP no Rio. Foto: Yuri Alexsander

Raul Bittencourt, candidato ao Senado

Raul Bittencourt, 46 anos, Servidor do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) e diretor licenciado do Sindicato dos servidores federais dos municípios do Rio de Janeiro (Sindsep-RJ). Membro do diretório estadual da UP, Raul milita desde a juventude, quando foi diretor da Associação Municipal dos Estudantes Secundaristas (AMES-Rio). Formado em direito, ele participou de todo processo de legalização do partido, terminado em 2019. Também concorreu a vereador pela UP nas eleições de 2020.

A chapa que Raul encabeça para o Senado traz como suplentes também a professora da rede estadual Gabriela Gonçalves e o metalúrgico e militante histórico do movimento sindical Carlos Roberto Maria, o Formigão.

Chantal, Gabriel GB e Giovanna, candidatos a deputado estadual pela UP no RJ. Foto: Yuri Alexsander

Chantal Campello, candidata a deputada estadual

Chantal nasceu e foi criada nas cidades de Araruama e Cabo Frio e começou a sua atuação política aos 16 anos no movimento estudantil. Foi uma das lideranças do processo de ocupação das escolas no Rio de Janeiro, e hoje, aos 23 anos, é liderança do Movimento de Mulheres da Região dos Lagos.

Estudante de Serviço Social, hoje é presidenta licenciada da União Cabofriense dos Estudantes, diretora da União Estadual dos Estudantes e Vice Presidenta do Conselho da Juventude de Cabo Frio. Em 2020 Chantal foi candidata à vereadora pela UP em Cabo Frio, sendo a candidata de esquerda mais votada de toda a região.

Gabriel GB, candidato a deputado estadual

Nascido em Nova Iguaçu, GB começou sua atuação política aos 15 anos no movimento hip-hop e depois no movimento estudantil como diretor da Associação dos Estudantes Secundaristas do Estado do Rio de Janeiro – AERJ, onde participou ativamente das ocupações de escola em 2016. Com 22 anos, é estudante da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e está na Diretoria da UEE/RJ – União Estadual dos Estudantes.

GB atua no movimento negro, sendo coordenador do Movimento Negro Perifa Zumbi e do Curso Popular Mãe Beata de Iemanjá. Esteve presente nas principais mobilizações contra o genocídio do povo negro e também organizou rede de solidariedade nas comunidades para atender a população que ficou desamparada pelos governos na pandemia.

Giovanna Almeida, candidata a deputada estadual

Da Zona Oeste do Rio de Janeiro, Giovanna iniciou a sua militância aos 17 anos, construindo o grêmio da sua escola, CEFET Maria da Graça, a Federação Nacional do Estudantes em Ensino Técnico (FENET) e a Associação dos Estudantes Secundaristas do Rio de Janeiro (AERJ). Participa desde os 18 anos da construção do partido

Hoje, aos 23 anos, é estudante de Direito na UFRJ, Coordenadora do Movimento Negro Perifa Zumbi e constrói a Direção Estadual da Unidade Popular pelo Socialismo no Rio. Em 2020, Giovanna foi candidata à vereadora pela UP no Rio, conquistando uma votação expressiva, tendo recebido a maior parte dos seus votos de urnas na Zona Oeste e na Zona Norte do Rio.

 

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes