UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2023

Povo sai às ruas contra vandalismo fascista

Milhares de pessoas se mobilizam no Brasil e no exterior contra o vandalismo fascista. Manifestantes pediram prisão para Bolsonaro e seus cúmplices e são contra a volta da Ditadura Militar no país. 

Felipe Annunziata | Redação Rio


BRASIL – Durante toda a segunda (9), milhares de pessoas se manifestaram contra os atos golpistas em Brasília ocorridos no dia anterior. Dezenas de capitais e cidades do interior registraram atos que também foram replicados em pelo menos 6 países da Europa e América do Norte,

A mobilização foi convocada por movimentos sociais, sindicatos e partidos políticos de esquerda. Os manifestantes em todos os lugares pediam punição aos vândalos golpistas e se colocavam contra a volta da ditadura militar no Brasil.

Em SP, milhares se reuniram no MASP contra o golpismo. Foto: Thiago Salvador

No Rio, o ato ocorreu na Cinelândia, lugar histórico de resistência a Ditadura Militar Fascista (1964-1985), e reuniu mais de 10 mil pessoas num dia de muita chuva e alagamentos na capital fluminense. Em São Paulo, a manifestação ocorreu na Av. Paulista e reuniu dezenas de milhares de pessoas de movimentos sociais, partidos e torcidas organizadas de todos os times.

Também ocorreram manifestações expressivas em Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Manaus e Maceió. Em todas as cidades o pedido de punição aos fascistas era unânimes, o povo na rua se coloca abertamente contra qualquer tipo de conciliação com os vândalos e criminosos golpistas.

A capital federal também registrou um importante ato antifascista. Enquanto isso, na noite de ontem (9) e manhã de hoje (10), a Câmara dos Deputados e o Senado referendaram o decreto de intervenção federal no DF emitido pelo presidente Lula.

Para o presidente nacional da UP, Leonardo Péricles, presente no ato em Belo Horizonte, “é preciso cortar o mal pela raiz, prendendo Bolsonaro, seus cúmplices, os generais reacionários e os grandes empresários fascistas.”

Em Salvador, milhares de pessoas fizeram uma passeata contra o golpismo de Bolsonaro. Foto: Isabella Tanajuda/Jornal A Verdade
Em Porto Alegre, dezenas de milhares de pessoas marcharam sob o grito de “Ditadura Militar nunca mais!”. Foto: @cunhaanselmo/@thalesrenato/@joanaberwanger

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes