UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

FENET reúne estudantes do nordeste para debater a educação

Leia também

Encontro Nordeste de Estudantes em Ensino Técnico reúne centenas de representantes de vários estados nordestinos. Evento aprofundou debate sobre a educação pública no Nordeste conduzido pela FENET.

Adriane Nunes | Crato (CE)* 


JUVENTUDE – Nos dias 25 e 26 de novembro, a FENET – Federação Nacional de Estudantes em Ensino Técnico realizou um Encontro Nordeste de Estudantes em Ensino Técnico, reunindo cerca de 200 estudantes dos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Ceará, no IFCE Campus Crato, com o objetivo de traçar as lutas locais da região nordeste do Brasil.

O evento iniciou com a mesa de abertura composta por Wally Menezes, reitor do IFCE, Joaquim Rufino, diretor do IFCE Campus Crato, Raquel Campos, coordenadora geral do SINDSIFCE, Itálo Freitas, vice-presidente do SISEMJU, Lazuli Tavares, do DCE da UFCA e Nicole Viana, coordenadora-geral da FENET que afirmou que “finalizar o ano de 2023 realizando o Encontro Nordeste é um marco especial para entidade, pois ele ocorria antes de existir a própria FENET”.

Ao longo do Encontro Nordeste, o cenário da falta de refeições ou refeições insatisfatórias marcou os debates dos estudantes e representações de grêmios presentes. Em todo o Brasil, segundo o Observatório da Alimentação Escolar, 41% dos estudantes consideram a quantidade de comida pouca ou muito pouca. Nos Institutos Federais, o dado também assusta: 30% dos campi do país não possuem qualquer tipo de refeição, segundo artigo publicado pela “Revista Nutrição”, da PUC Campinas.

Além disso, os estudantes participaram dos Grupos de Trabalho com temos como “mulheres estudantes”, “luta do passe livre estudantil”, “criação de grêmios”, “a defesa do estágio”, “emprego dignos” etc., consolidando apontamentos fundamentais para a luta da educação. 

Na terra do patrono da FENET, José Montenegro de Lima, foi finalizado o encontro com uma plenária final e um ato político de homenagem a este estudante e aos estudantes assassinados pela Ditadura Militar brasileira, sendo levantada a bandeira da luta pela Memória, Verdade e Justiça, com uma mesa composta por Camilo Lelis, sociólogo e colega do José Montenegro, Otonite Cortez, da Comissão de Direitos Humanos de Juazeiro do Norte, Levi Rabelo, do Jornal A Verdade e Adriane Nunes, da diretoria executiva da FENET.

*diretora da FENET

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos