UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 18 de maio de 2024

MLB organiza nova jornada de luta contra a fome

Coordenação Nacional do MLB


Em dezembro de 2023, o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) realizou a maior jornada do Natal Sem Fome de sua história, ocupando supermercados da rede Carrefour em cerca de 20 estados. Essa jornada, construída há mais de 20 anos, tem como objetivo denunciar a fome e a carestia que assolam milhões de famílias da classe trabalhadora no Brasil.

Além dessa mobilização, as famílias do MLB também denunciaram o genocídio que sofre o povo palestino. Genocídio este que, ainda no segundo semestre de 2023, teve financiamento da Rede Carrefour (que é uma empresa multinacional), por meio de doações de mantimentos aos soldados israelenses que invadiram e ocuparam a Faixa de Gaza.

Nacionalmente, no dia 9 de dezembro, os supermercados foram ocupados às 9h e só foram desocupados às 17h, depois de uma intensa e vitoriosa negociação com a rede bilionária de supermercados. A mobilização, que envolveu milhares de famílias do MLB, conquistou três mil cestas básicas, que foram distribuídas ainda no mês de dezembro, e mais três mil cestas que serão entregues nas próximas semanas.

As cestas ajudaram milhares de famílias a passar um Natal sem fome e miséria. Selma Maria, coordenadora do MLB em São Paulo, relata uma história que demonstra a realidade das mulheres e das famílias pobres e trabalhadoras no nosso país e como a luta coletiva é a única saída possível para o nosso povo.

“Nós fomos entregar as cestas conquistadas em um bairro aqui de Mauá, no Cerqueira Leite, e, por algum acaso, acabou sobrando uma cesta. Pensei, vou levar para casa e se alguém de algum núcleo não tiver pego, eu entrego. No caminho para minha casa, passou um motoqueiro que ofereceu ajuda para levar essa cesta. Eu passei o endereço e, quando estava chegando em casa, me encontrei com ele, que me disse que tinha deixado a cesta na vizinha. Quando bati na porta dela, ela veio com a cesta, mas vi que ela poderia estar precisando, então falei que, na verdade, ela poderia ficar. Contei que essa cesta foi uma conquista de muitas famílias que ocuparam o supermercado, contei toda nossa luta, convidei ela a fazer parte do MLB e ela começou a chorar. Chorar de soluçar. E falou: ‘Ontem, eu saí aqui na rua e fiquei procurando uma casa que eu tivesse coragem de pedir três xícaras de arroz, mas não consegui… Então pedi para Deus. E agora você vem e me entrega essa cesta’. Fiquei muito emocionada. Ela me disse que tem seis filhos. Os seis trabalham e, mesmo assim, ela não tinha o que comer.”

Essa mesma realidade relatada por Selma é compartilhada por mais de 70 milhões de pessoas, que enfrentam diariamente a chamada insegurança alimentar, ao mesmo tempo que vivemos em um dos países que mais produzem alimentos no mundo. É exatamente por isso que o MLB segue, no Brasil inteiro, organizando a luta contra a fome e pelo direito a uma vida digna para a classe trabalhadora.

Diante desse cenário cruel que as famílias pobres enfrentam no nosso país, entendemos que a luta contra a fome não tem mês para acontecer. Por isso, neste ano, o Movimento vai realizar uma Jornada de Lutas Contra a Fome, que se iniciará no dia 05 de março. Com o tema “Mulheres Contra a Fome”, essa mobilização será realizada no Brasil inteiro pautando a fome e a carestia por aquelas que são as principais atingidas: as mulheres trabalhadoras, especialmente as mulheres negras.

Matéria publicada na edição nº 286 do Jornal A Verdade

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes