UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 25 de julho de 2024

Crescer o partido: filiar aos milhares e organizar os núcleos!

Organização de núcleos e dedicação ao trabalho de construção do partido são tarefas decisivas para os militantes da Unidade Popular (UP). Crescimento de 200% nos últimos anos é caminho para transformar a UP em um poderoso instrumento da luta anticapitalista

Juliete Pantoja* | Rio de Janeiro (RJ)


“Nossos objetivos só podem ser alcançados conquistando as amplas massas oprimidas para se mobilizarem pelos seus direitos e contra o regime de exploração capitalista. A tarefa que se impõe, portanto, é a de nos tornarmos um grande partido, depositário da confiança das massas e impulsionado por suas lutas.” (Teses ao 3º Congresso Nacional da UP, novembro de 2023)

Desde o primeiro ano de fundação da Unidade Popular (UP), ficou clara a enorme responsabilidade do Partido perante a conjuntura. Coube à UP impulsionar o enfrentamento nas ruas ao governo fascista de Jair Bolsonaro e suas medidas antipovo, que jogou milhões de trabalhadores brasileiros no desemprego, na fome e na pobreza, enquanto deixava empresários, usineiros e latifundiários cada vez mais ricos.

As grandes manifestações que se seguiram durante a pandemia para exigir vacina e auxílio emergencial se somaram à rede de solidariedade, em que o próprio povo dividia o pouco que tinha para garantir comida no prato dos lares mais atingidos pela fome.

Em todas essas iniciativas, a militância incansável da UP esteve presente de Norte a Sul do país, o que fez crescer o número de pessoas pedindo ingresso ao Partido. Esse crescimento quantitativo provocou também uma maior penetração nas lutas locais, demandando um aumento na organização dos núcleos e grupos de trabalho em cada localidade.

Os núcleos desempenham um papel vital, pois, através deles, a luta pela transformação radical da sociedade se transforma em trabalho de base diário. É também esse trabalho constante e sistemático, aliado à agitação e à propaganda (inclusive no processo eleitoral), que gera um grande crescimento do Partido, como comprovam os aumentos de filiações logo após as eleições municipais de 2020 e a eleição nacional de 2022.

UP cresceu 200% em menos de dois anos

A palavra de ordem “Crescer o partido: filiar aos milhares e organizar os núcleos”, apresentada na Tese ao 3º Congresso Nacional da UP, em 2023, trouxe para o centro do debate a urgente tarefa de organizar os milhares de jovens, mulheres e trabalhadores que tomaram conhecimento da existência de um partido que, mesmo sem fundo partidário ou tempo de TV, ocupou bairros e periferias por todo o país para defender um programa de esquerda, popular e revolucionário.

Desde então, filiar todos que buscam a UP, de forma rápida e organizada, tem sido um desafio constante. Na maioria dos estados, não temos ainda responsáveis pelo processamento e acompanhamento sistemático do processo de filiação, que permanece artesanal e extremamente lento.

Do final de 2022 a abril de 2024, crescemos 200%, pois chegaram milhares de novos pedidos de filiação de toda a parte do Brasil. Os estados que mais cresceram em número de filiações (SP, RJ, MG, DF e RS) também mantiveram reuniões de núcleo regulares. Há também estados que mantiveram crescimento constante, como SC, GO, PE e PB, que possuem responsáveis pelo processo.

Desde março deste ano, o Diretório Nacional estabeleceu uma comissão de filiação para auxiliar nesse trabalho e avançou o debate sobre a metodologia no processamento e acompanhamento das metas de cada estado.

Quando existe uma grande quantidade de pedidos acumulados, a melhor forma para encaminhar é destacar um responsável para cuidar especialmente da tarefa de filiação. Esse responsável deverá contatar diretamente todas as pessoas interessadas, convidando-as para uma plenária de apresentação do Partido, coordenada por um membro do Diretório ou da comissão de filiação, caso haja.

Na plenária, são apresentados os movimentos e organizações que constroem a Unidade Popular, como foi o processo de registro da UP e os princípios políticos de organização e autossustentação que nos norteiam. Este é um momento importante, pois possibilita aos interessados tirarem dúvidas dos mais variados temas, efetivar a filiação e já direcionar os novos militantes aos núcleos. Caso também tenham interesse em ingressar em algum dos movimentos sociais que integram a UP, já podem conversar diretamente com os coordenadores destes.

Cada pessoa, para se tornar membro, precisa concordar com o programa, os fundamentos da organização partidária e o Estatuto e pagar uma contribuição mensal. Após isso, o filiado deve ser direcionado a um núcleo do partido, onde desenvolverá sua ação prática cotidiana. É no núcleo ativo, com reuniões regulares, que o filiado debate sua ação prática e se integra nas atividades políticas, como as brigadas do jornal A Verdade, panfletagens, cursos, etc.

No processo eleitoral que se aproxima, todo militante deve contribuir para a formulação do programa socialista para as cidades, que será apresentado pelo Partido, com o objetivo de aumentar a denúncia dos crimes cometidos pelos ricos, apresentar nossas ideias e propostas para milhares de trabalhadores.

Assim, a Unidade Popular se tornará um grande e poderoso instrumento a serviço da luta contra a exploração capitalista!

*Juliete Pantoja é presidente da UP-RJ

Matéria publicada na edição nº 293 do jornal A Verdade

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes